Semec prepara plataforma para recadastramento de servidores

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) realizará no mês de outubro um recadastramento dos servidores, com o objetivo de atualizar os dados cadastrais dos profissionais que compõem a educação municipal. Nesta terça-feira (14), o secretário Nouga Cardoso acertou os procedimentos com a equipe da RGM, empresa de tecnologia que está organizando o recadastramento.

Cerca de 6.800 professores e técnicos da Semec responderão ao questionário que será aplicado no formato online. A equipe está desenvolvendo uma plataforma de fácil acesso para que todos os servidores possam atualizar seus dados funcionais dentro do prazo. Os dados serão integrados ao sistema corporativo da Prefeitura Municipal de Teresina.

“Em breve anunciaremos os prazos e mais detalhes desse processo, mas será algo simples, informatizado, para que possamos conhecer melhor o quadro de servidores da Secretaria. Esse levantamento nos ajuda a planejar as ações com base no pessoal disponível. É importante que todos participem”, anunciou a secretária executiva de Gestão, Edileusa Sampaio.

Centros Municipais de Educação Infantil de Teresina estão iniciando aulas no formato híbrido

Parte dos Centros Municipais de Educação Infantil de Teresina já deu início às aulas no formato híbrido. Com um número limitado de alunos participando presencialmente e um rígido protocolo de segurança sanitária, aos poucos as crianças estão retomando a rotina de sala de aula.

No CMEI Tia Fanny, localizado no Vale do Gavião, o primeiro dia de aula foi de adaptação. Mas a diretora Carla Maia conta que as crianças estão animadas. Cada semana será destinada para uma turma específica, evitando aglomeração na escola.

“Começamos com os alunos do II Período, depois será o I Período e em seguida as turminhas de maternal. O primeiro dia foi tranquilo, as crianças foram muito atenciosas às orientações e os pais respeitaram os protocolos. Estamos indo bem, todos felizes com esse novo passo”, disse a diretora Carla.

Nos primeiros dias de volta do CMEI Maria Amélia Freitas Mendes de Oliveira, situado no bairro Planalto Uruguai, apenas oito crianças estão presencialmente na escola. A participação será gradual, ampliando um pouco a cada semana. “Foi uma alegria só, todo mundo estava ansioso para voltar. Cada passo está sendo dado com responsabilidade, aos poucos, para que funcione como planejado”, conta a diretora Conceição Gonçalves.

A nova rotina prioriza atividades em sala de aula, incluindo o recreio, que deixa de acontecer coletivamente no pátio. A acolhida passa a ser realizada por turma e o acesso dos pais ao interior do CMEI é limitado, a fim de evitar grande movimentação nos ambientes escolares.

#nome{ width: 49%; float: left; }