Secretário Nouga Cardoso visita unidades escolares na zona Sul

As sextas-feiras são os dias oficiais das vistorias do secretário Nouga Cardoso e da equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semec) às unidades de ensino da rede municipal. Com o foco de hoje (24) nas escolas e

CMEIs da zona Sul, o secretário iniciou seu itinerário na Escola Municipal Parque Piauí. Recebido pela diretora, Valéria Thayse, e pelo diretor adjunto, Francisco Maciel, Nouga pôde acompanhar o resultado da organização escolar para o retorno híbrido.

A escola retornou às atividades na segunda-feira (20) e sua equipe pedagógica se sente preparada e assistida pela Semec. “A escola está preparada, o que é responsabilidade da gestão. A Secretaria fez o possível para o nosso retorno. Estamos felizes com a visita do secretário hoje, pois ele vai de perto ver e se assegurar que nossa escola está preparada e segura”, declarou a diretora.

Durante a visita, os diretores mostraram mais espaços a serem aproveitados na escola e solicitaram uma intervenção da Semec na quadra poliesportiva da unidade.

Seguindo o cronograma de vistoria, o secretário foi à Escola Municipal Areias, onde foi recebido pela diretora Taysa Nascimento e sua equipe. A diretora apontou questões estruturais que precisam ser transformadas para o melhor acolhimento dos alunos, como ampliação do refeitório e cobertura da quadra. “Estamos otimistas. O secretário Nouga deu uma posição resolutiva em resposta às queixas de nossa escola”, pontua a diretora.

A Escola Municipal Professora Zoraide Almeida e o CMEI Angelim IV foram as últimas unidades a serem vistoriadas pelo secretário e sua equipe técnica. Nouga Cardoso conversou com a equipe pedagógica para ouvir e melhor atender os estudantes e profissionais dessas unidades.

Também participaram da visita: o coordenador do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação da Semec, Reynaldo Ximenes, e o vereador ativo nas pautas de educação e cultura Luis André.

Professor da Rede Municipal de Teresina lança livro com base no Cordão Grupo de Dança

O professor de educação física e coreógrafo Roberto Freitas acaba de lançar o livro da sua dissertação de mestrado, que destaca a trajetória do Cordão Grupo de Dança, coletivo formado por alunos e ex-alunos da Escola Municipal João Porfírio de Lima Cordão.

Roberto Freitas é professor da Rede Municipal de Teresina e montou o grupo, em 2005, nas aulas de educação física da escola. O objetivo inicial era incentivar as crianças a movimentar o corpo e se perceberem enquanto sujeitos únicos. Porém, o grupo cresceu e passou a colecionar prêmios em festivais de dança, inclusive fora do país.

Em seu trabalho no mestrado, Roberto cartografou o Corpo~Cordão. O livro foi publicado a partir da aprovação em edital público lançado pelo Conselho Regional de Educação Física, compondo o Selo Acadêmico. O professor usou como base narrativas de vida de jovens dançantes, mergulhando nos atravessamentos de cada trajetória. Nos agradecimentos, destacou o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec) em seus projetos.

“O livro vem de uma pesquisa cartográfica, mapeando algumas conexões da trajetória de vida de jovens dançantes, membros do Corpo~Cordão, considerando que tais conexões atuaram como provocadoras de outros caminhos possíveis para a vida daqueles jovens, criando possibilidades e, no caso desse corpo, afirmando a vida como obra de arte”, explicou o autor.

Para acessar o livro: 2021 1 Corpo_Cordão e-book

Diretores de escolas municipais recebem formação sobre avaliações externas

Com a aproximação das provas do Saeb, o Sistema de Avaliação da Educação Básica, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) está preparando os novos diretores de escolas municipais para melhor direcionar o trabalho em suas unidades de ensino. Nesta sexta-feira (24), um grupo de 17 gestores participou do curso intensivo Estudos e Compreensão das Avaliações/SAEB, no Centro de Formação Odilon Nunes.

O objetivo é proporcionar ao diretor um contato com as principais informações pedagógicas dos resultados obtidos nas últimas edições da avaliação externa. Com os dados em mãos, as escolas podem planejar estratégias e focar em suas metas.

Segundo a gerente da Semec, Eudeilane Pereira, a ação é de extrema importância para os próximos passos das escolas. “A partir dessa compreensão é que o diretor vai direcionar o trabalho pedagógico junto com a coordenação pedagógica e os professores”, pontuou Eudeilane.

#nome{ width: 49%; float: left; }