Semec fortalece parcerias com ações de Políticas Públicas para Mulheres

O secretário municipal de Educação de Teresina, Nouga Cardoso, acompanhado de equipe técnica, recebeu na manhã desta segunda-feira (27) a secretária de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), Karla Berger, e a assistente social da secretaria, Caroline Leal.

O encontro teve como objetivo a articulação e o fortalecimento da parceria entre os dois órgãos para o retorno presencial das atividades do Serviço de Atendimento Integral às Mulheres e suas Crianças: Florescer, executado pela SMPM.

Segundo o secretário de Educação, Nouga Cardoso, a parceria entre os dois órgãos é importante para melhorar o atendimento dado pela Prefeitura de Teresina às mulheres e suas crianças, em vários aspectos. “A Semec está de portas abertas para dar suporte a ações e políticas públicas voltadas às famílias teresinenses, em especial as que demandam maior atenção, no caso da Secretaria da Mulher, políticas públicas que visem a proteção da mulher, e por extensão, aos seus filhos”, diz Nouga Cardoso.

“O Florescer atende mulheres em situação de vulnerabilidade e/ou violência e suas crianças. São três sedes do serviço: um na zona Norte, no bairro Matadouro; um na zona sudeste, no Alto da Ressurreição e no Salobro, zona rural de Teresina. Devido à pandemia, estávamos atendendo de forma híbrida e a partir do dia quatro de outubro retornamos de forma presencial”, explica Karla Berger.

Na reunião também se discutiu sobre o Dia Municipal e Internacional da Menina, celebrado em 11 de outubro. No projeto Meninas Ocupam, elas terão por um dia a experiência de viver uma situação de poder. Uma menina ocupará o lugar de algum (a) gestor (a) público (a) municipal.

Secretário acompanha início das aulas presencias em escola na Cerâmica Cil

A Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada no bairro Cerâmica Cil, zona Sul de Teresina, recebeu na manhã desta segunda feira (27) a visita do secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, que esteva acompanhado da equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semec) no primeiro dia de aula híbrida da unidade de ensino.

A direção da escola recepcionou os alunos no pátio, em um momento da acolhida. O diretor Miguel Arcanjo e o secretário deram boas-vindas aos estudantes, professores, funcionários e pais. Houve, ainda, espaço para os informes sobre a sistematização da volta as aulas presenciais.

A unidade de ensino atende cerca de 702 alunos do ensino fundamental, nos turnos manhã e tarde, além de funcionar com a modalidade do Educação dos Jovens e Adultos (EJA) à noite. Inicialmente, retornaram para a sela de aulas as turmas do 5º e 9º ano. A expectativa da equipe gestora é que todos retomem as atividades até o dia 18 de outubro.

Nouga avaliou a estruturação da escola para esse novo início, assim como o atendimento das exigências sanitárias, objetivando um retorno seguro aos alunos, professores e demais membros da comunidade escolar. Na oportunidade, ouviu as solicitações da equipe gestora para o melhor atendimento funcional da instituição. Dentre as reivindicações estão: melhoria das instalações hidráulicas, acessibilidade e ampliação da cozinha.

“Acreditamos no pronto atendimento da Semec. Essas melhorias vão auxiliar no melhor atendimento à nossa comunidade escolar”, disse o diretor Miguel. Essa foi a primeira visita do secretário à Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, mas já garantiu que as demandas logo serão atendidas.

Semec realiza evento Setembro Azul no Parque da Cidadania

Com apresentação de vídeos e apresentações de crianças surdas atendidas pelas escolas da rede municipal de ensino, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) realizou, no último sábado (25), uma ação de inclusão no Parque da Cidadania com a presença de educadores, pais, alunos e comunidade.

Setembro é o mês da visibilidade da Comunidade Surda Brasileira, quando várias iniciativas acontecem em todo o país para conscientizar sobre a importância da inclusão e comemorar as conquistas da comunidade surda.

A programação teve início com as boas-vindas, através dos professores interpretes da Semec. Em seguida, os alunos da rede municipal mostraram o que já aprenderam em sala de aula, através da comunicação de sinais. Os alunos do curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) realizaram apresentações em vídeo, demonstrando situações que acontecem no dia-a-dia, enfrentando todas as dificuldades de comunicação, no diálogo com quem ainda não se adaptou à língua de sinais. Os vídeos foram criados e dirigidos pelos próprios alunos do curso. “São turmas que contam com pedagogos, psicólogos, servidores públicos, estudantes, todos que se inscreveram nas turmas ofertadas pela Semec. Na verdade, saber libras, nem que seja o básico, já contribui bastante com o entendimento entre as pessoas”, ressalta o secretário executivo de Ensino da Semec, professor Kleyton dos Santos.

“O evento teve como objetivo promover a conscientização da sociedade sobre a acessibilidade do surdo ao trabalho, à educação e à saúde, possibilitando assim melhores condições de vida, dignidade e cidadania; bem como divulgar as conquistas obtidas pela comunidade surda ao longo dos anos. A Semec irá sempre ofertar cursos para formação bilíngue de surdos”, disse a coordenadora da Educação Inclusiva da Semec, Amanda Kárdia, acrescentando que a coordenação está acompanhando de perto todas as ações desenvolvidas junto às escolas da rede municipal.

O professor Luiz Cláudio, da Universidade Federal do Piauí, que é surdo, participou do evento a convite da Semec e disse que se sentia muito feliz em poder contribuir com a comunidade surda do Piauí. Ele contou um pouco de sua história. “Projetos como estes são de extrema importância para a formação das crianças. Eu enfrentei algumas dificuldades, mas alcancei meu objetivo. Espero que os familiares de cada criança tenham interesse em aprender a se comunicar com estas pessoas que são surdas. Nós nos sentimos mais próximos, ouvidos e entendidos. Eu recordo de minhas dificuldades e hoje vejo as crianças interagindo, tendo oportunidade de aprender mais sobre sua língua. Desejo que a cada dia possamos conquistar mais espaços”, declara Luiz Cláudio.

Semec vai inaugurar mais um CMEI no Vale do Gavião

Será no bairro Vale do Gavião o próximo Centro Municipal de Educação Infantil inaugurado pela Prefeitura de Teresina. A Secretaria Municipal de Educação (Semec) abrirá as portas do CMEI Noélia Maranhão da Costa e Silva na próxima quarta-feira (29).

A unidade de ensino atenderá alunos de creche e pré-escola, em uma estrutura física ampla, moderna e colorida. São oito salas de aula climatizadas, solários, fraldários, sala de repouso, sala multiuso, banheiros com acessibilidade e pátio coberto. Um investimento de R$ 2.932.093,23, oriundo de recursos próprios da Prefeitura Municipal de Teresina e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O CMEI homenageia uma professora da Rede Municipal, que atuou como diretora escolar e faleceu este ano após complicações da Covid-19. Família e amigos estarão na solenidade de inauguração para homenagear Noélia e conferir a mais nova escola da região.

#nome{ width: 49%; float: left; }