Novos estagiários de apoio à inclusão começam a atuar nas escolas municipais de Teresina

Os estagiários aprovados no último processo seletivo da Secretaria Municipal de Educação (Semec) já começaram as suas atividades nas unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina. Foram lotados, até o momento, 422 acadêmicos que auxiliam os professores em suas tarefas diárias na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, em uma jornada de 20 horas semanais.

A Semec selecionou estagiários para a sala de aula, salas do núcleo diversificado das escolas de tempo integral e auxiliares de apoio à inclusão, sendo que somente nesta última modalidade foram encaminhados às escolas 30 estagiários.

“Na nossa escola temos matriculados em torno de 40 alunos com necessidades especiais que demandam um suporte durante todo o período que se encontram na unidade de ensino. Já tivemos reunião com os estagiários que atuarão diretamente com esses estudantes, repassando as orientações para que eles desenvolvam suas atividades da maneira mais adequada. Pais ou responsáveis, professores e a direção da unidade estão bastante felizes com o envio dos estagiários”, diz Igor Rafael Mendes, diretor da Escola Municipal Professor Olímpio Castro de Oliveira, localizada no Vale do Gavião, zona leste da capital.

Para o acompanhamento dos alunos com deficiência foram chamados acadêmicos dos cursos de Psicologia e de nível técnico em Enfermagem e Libras. A partir desta sexta-feira (01/10) serão convocados mais 50 estagiários que serão encaminhados conforme a necessidade das unidades de ensino.

A coordenadora da Divisão de Educação Inclusiva da Semec, Amanda Kárdia, destaca a importância do acompanhamento e suporte aos alunos com necessidades especiais. “Profissionais de apoio têm o papel de facilitar a acessibilidade do aluno com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento matriculados na Rede Municipal. Fazem o acompanhamento diário do aluno, contribuindo na compreensão de suas características e eliminando barreiras que o impedem de se inserir na vida escolar. É importante salientar que devem ser asseguradas as condições necessárias para o pleno acesso, participação e aprendizagem dos estudantes com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento em todas as atividades desenvolvidas no contexto escolar”, finalizou.

Cmei e Escolas Municipais da zona rural leste recebem secretário Municipal de Educação

As escolas municipais Nossa Senhora do Amparo; Vereador Vieira Toranga; Joca Vieira e o Centro Municipal de Educação Infantil – Cmei Alda Maria, ambas localizadas na zona rural Leste de Teresina receberam na manhã desta quinta feira (30/09), a visita do Secretário Municipal de Educação, professor Nouga Cardoso e equipe técnica da Semec (Secretaria Municipal de Educação).

Na escola Nossa Senhora do Amparo a equipe técnica da Semec analisou a estrutura da unidade que atende 219 alunos, do 1º ao 5º ano, nos turnos manhã e tarde. De acordo com a diretora Johanna Daniela, a escola atende alunos especiais que necessitam de maior atenção e dispõe de professores qualificados em determinadas áreas, como por exemplo, Libras.

Durante a visita, o secretário, professor Nouga Cardoso, conferiu o início das aulas no formato hibrido para duas turmas. “Durante nossas visitas, além de conhecer a estrutura do prédio, também buscamos conversar com diretores, professores e servidores que nos relatam o trabalho diário que é desenvolvido em atendimento aos estudantes”, ressalta Nouga Cardoso.

A Diretora Rosa Maria, do Centro de Educação Infantil Cmei Alda Maria de Almedra Freitas Castelo Branco, recepcionou o secretário com muita alegria. “Estava ansiosa para receber o secretário Nouga. Queria que ele visse nossa estrutura e o que mais de imediato necessitamos. Precisamos de melhorias no prédio. O secretário disse que está sendo feito um levantamento dos principais problemas estruturais que as unidades necessitam.

O Cmei atende 205 crianças, matriculadas do maternal ao 3º ano, nos turnos manhã e tarde e com a previsão para o início das aulas no próximo dia 18 de outubro. Para isso, a unidade escolar realizou uma reunião com pais e responsáveis para que os mesmos fiquem cientes e analise os protocolos de segurança sanitária. Cada pai ou responsável assinou um termo de autorização para que seu filho volte para as aulas presenciais.

A professora Erlene de Sousa Pinto, diretora da Escola Municipal Vereador Vieira Toranga, juntamente com a equipe de professores e servidores, recebeu o secretário Nouga Cardoso, apresentando a unidade que atende 156 crianças matriculadas do 2º ao 5º ano, nos turnos manhã e tarde. Na oportunidade, a diretora destacou os projetos de Leitura e o de Reforço Escolar que são realizados no contra turno, com crianças que apresentam alguma dificuldade de aprendizagem.

Na última escola visitada nesta quinta-feira, a professora Tânia Cardoso, diretora da Escola Municipal Joca Vieira, relatou como está sendo o retorno das aulas presenciais, atendendo mais de 70% dos alunos matriculados. “Estamos ansiosas para o retorno e sempre buscando manter todos os protocolos sanitários. Fico feliz em ter um secretário que conheça a funcionalidade de uma escola e tenha o compromisso em melhorar a cada dia”, disse a diretora.

Atualmente a unidade escolar atende um total de 627 alunos, nos turnos manhã e tarde e na parte da noite com a Educação de Jovens e Adultos – EJA. A diretora destaca também os projetos que realiza, dentre eles um em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), “As meninas inseridas na ciência”, que busca desenvolver habilidades cientificas com as alunas.

Professores da Rede Municipal serão capacitados em robótica e programação

Investindo em conhecimento tecnológico, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) dá mais uma passo em inovação e vai promover um curso de robótica e programação para professores da Rede Municipal de Teresina. A equipe de Ensino da Secretaria recebeu o formador Ranildo Lopes para organizar o projeto.

O objetivo é formar professores multiplicadores na área de robótica, com conhecimento para construir seus próprios materiais lúdicos e usar em sala de aula. Poderão participar docentes de áreas diversas, utilizando a programação para consolidar conteúdos de matemática e ciências, por exemplo.

De acordo com o secretário executivo de Ensino da Semec, professor Kleytton dos Santos, o curso está sendo planejado em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc). “Estamos acertando os detalhes, logo abriremos as inscrições. Serão cerca de 20 professores participando com apoio de formadores da Seduc. A proposta é que esse conhecimento chegue até os alunos”, afirma Kleytton.

Ranildo explica que logo nos primeiros módulos os professores poderão começar a planejar seus projetos, levando para a sala de aula novas possibilidades de prática lúdica. “As crianças têm interesse nessa linguagem de programação e aprendem rápido, podemos utilizar isso a favor de qualquer disciplina. Podemos, inclusive, explorar o aplicativo que simula de forma online o estudo com os mesmos materiais que utilizamos na formação presencial, ampliando a participação da escola”, disse.

A Semec também está construindo um laboratório de robótica no Centro de Formação Odilon Nunes, para receber capacitações na área e viabilizar as práticas. O espaço deve ser equipado com impressoras 3D para que os professores comecem a produzir protótipos. Enquanto o laboratório não fica pronto, a Secretaria pretende utilizar o Espaço Tech, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). O local tem ampla estrutura de laboratório maker, ideal para testar ideias.

#nome{ width: 49%; float: left; }