Prefeitura de Teresina inaugura reforma e ampliação de CMEI na zona rural

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Educação (Semec), entregou, nesta quinta-feira (7), a reforma e ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Santa Teresinha, localizado no povoado Campestre Norte. A unidade agora passa a oferecer o serviço de creche/berçário para crianças a partir de seis meses de idade, a terceira de toda a rede municipal de ensino e a primeira instalada em uma comunidade rural.

As melhorias beneficiam os filhos dos trabalhadores rurais da localidade. “Ninguém nunca olhou para a mulher e o homem do campo, mas nós estamos olhando. É um orgulho para nossa gestão oferecer um local, com toda qualidade e cuidado, onde possam deixar seus filhos enquanto trabalham. A estrutura era bem deteriorada e agora se torna um dos mais bonitos Cmeis de Teresina. Estamos cuidando de todos, mas principalmente do povo da zona rural”, disse  o prefeito Dr. Pessoa enfatizou

O secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, explica que a reforma desta e outras unidades de educação infantil fazem parte de um cronograma estabelecido pela gestão municipal. “Essa já é a quinta escola e o terceiro Cmei que estamos entregando para a população ao longo desses dez primeiros meses de governo do Dr. Pessoa. Com esse centro municipal, iremos oferecer para as crianças da zona rural as mesmas condições das que nascem no centro urbano da nossa capital”, enfatizou.

Agora o prédio do Cmei Santa Teresinha conta com cinco salas de aula completamente climatizadas, com a possibilidade de implementação de duas turmas de berçário. O pátio também foi aumentado, com mais um bloco de telhado metálico e uma estação de energia própria. O investimento total é de quase R$ 2 milhões, com recursos oriundos do Salário Educação.

Esta ação da Prefeitura de Teresina faz parte de um projeto piloto, que será replicado em outros centros de ensino que permitam a diversidade de projetos, que atendem a todos os padrões de estética e funcionalidade, com arquitetura planejada de acordo com as necessidades dos estudantes e atendendo aos parâmetros de infraestrutura do Ministério da Educação (MEC).

Alunos são convidados especiais de restaurante na zona leste

Os alunos da Escola Municipal Dom Miguel Câmara vivenciaram uma experiência gastronômica diferente nesta quarta-feira (06). Um grupo de 20 alunos foi convidado pelo restaurante Rancho do Vaqueiro, na zona Leste, para conhecer seu espaço e provar a culinária servida no local. A ação é realizada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, com apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), em alusão ao Dia da Criança.

Durante toda esta semana, 400 crianças de unidades de ensino da Rede Municipal estão participando do projeto em diferentes restaurantes da cidade. Os estabelecimentos preparam uma programação com refeições especiais, atividades recreativas e visitas à infraestrutura da casa anfitriã, em uma imersão de aprendizado, carinho e respeito.

A E.M. Dom Miguel Câmara participou com alunos do 2º ao 5º ano, especialmente os que foram destaque em frequência e envolvimento nas aulas remotas. “Buscamos valorizar aqueles que mais se dedicam, mostrar que vale a pena. Essa é uma ótima experiência para que saiam da rotina e possam socializar em um espaço diferente, muitas delas não têm acesso a oportunidades como essa”, pontua a diretora Lana Christina Leite.

De acordo com a diretora executiva da Abrasel, Natália Macário, a ação acontece em todo o Brasil. Em Teresina, 16 estabelecimentos se voluntariaram para receber as crianças. “Muitas entram em um restaurante pela primeira vez, aproveitam um momento de diversão, principalmente por terem ficado muito tempo trancadas em casa pela pandemia. Os restaurantes estão cada vez mais dispostos a participar de ações como essa”, declara Natália.

Pedro Saboia, administrador do Grupo Rancho do Vaqueiro, disse que já espera a volta dos alunos ao local. “Ficamos muito felizes em participar, dá para perceber a alegria das crianças em confraternizar com os colegas. Espero participar mais vezes, ter os estudantes conosco”, anuncia.

Quem gostou foi o Matheus Augusto, aluno do 5º ano. Ele, que não conhecia o restaurante e quase não tem saído de casa, descreveu a atividade do dia. “Achei uma experiência fantástica”, concluiu.

#nome{ width: 49%; float: left; }