Semec vistoria retorno às aulas nos Cmeis e escolas

Desde setembro, CMEIs e Escolas Municipais estão retornando suas atividades de forma híbrida. Dando continuidade ao retorno das aulas neste formato, mais dois CMEIs retornaram às suas atividades nesta terça-feira (26), com a vistoria do Secretário de Educação, Professor Nouga Cardoso e do coordenador do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação da Semec, Professor Reynaldo Ximenes.

Com a primeira parada no CMEI Jesus Diocesano, localizado no Parque Piauí, zona Sul, o secretário foi recebido pela diretora e equipe pedagógica do CMEI, que lhe apresentou toda a unidade, mostrando a estrutura e o esquema de sanitização criado pelo time escolar para receber os pequenos.

“Com muita alegria retornamos às aulas híbridas no CMEI Jesus Diocesano. Hoje estão presentes as turminhas de Maternal II e 2° Período, um momento marcado por muita emoção e cuidado, seguindo todos os protocolos de segurança e higiene para receber nossas crianças e nossa equipe. Nós estamos agradecendo a compreensão e o apoio das famílias nesse novo momento de aprendizado e de convivência na escola”, ressalta a diretora Mirella Santos.

Em seguida a equipe da Semec seguiu rumo ao CMEI Joffre Castelo Branco, localizado no Marquês, zona norte, que também teve a terça-feira marcada pelo retorno de suas atividades presenciais de forma híbrida. A unidade, que conta com mais de 330 estudantes matriculados, conta com rodízios, medidas rígidas de sanitização e de distanciamento social para manter um ambiente seguro e produtivo para alunos e professores.

De acordo como o secretário, professor Nouga Cardoso, “todas as solicitações feitas pelos diretores e professores estão sendo analisadas e atendidas de acordo com as condições. Continuaremos visitando todas as unidades”, enfatiza.

“As turmas do CMEI Joffre Castelo Branco foram divididas em dois grupos, de no máximo 10 crianças por dia. Cada semana está programada para vir um período”, pontua a diretora da unidade, Professora Roberta Nunes.

A diretora relatou à equipe da Semec o apoio e a compreensão fundamental que vem recebendo dos pais dos alunos que têm deixado o retorno ainda mais tranquilo. “Os pais vêm conversando sempre conosco e apoiando a escola, nosso contato é bem próximo e eles estão sempre respeitando o distanciamento e participando de forma ativa das reuniões da unidade”.

Secretário e vereador participam de reunião sobre volta às aulas

O Secretário Municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, acompanhado da equipe técnica da Semec, o secretário executivo de Ensino, Kleyton dos Santos, o coordenador do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação da Semec, Professor Reynaldo Ximenes e o vereador Renato Berger, participaram na manhã desta terça-feira (26) de uma reunião com a equipe pedagógica do CMEI Bezerra de Menezes, localizado no bairro São Joaquim.

Na oportunidade, os professores falaram do seu desejo de retornar à sala de aula e também expuseram seus atuais desafios: os problemas estruturais da unidade.  Com uma vistoria minuciosa, a equipe da Secretaria Municipal de Educação catalogou as necessidades da escola e reforçou o compromisso da gestão com a educação da cidade.

Teresinenses poderão fazer troca gratuitas de livros na Praça João Luís Ferreira

A Praça João Luís Ferreira, no centro de Teresina, recebe, entre os dias 02 e 04 de novembro, “A Incrível Máquina de Livros”. A iniciativa da Infinito Cultural, que conta com a parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semc), possibilita que livros já lidos sejam trocados gratuitamente por outros. De forma inovadora, o projeto incentiva a leitura e a formação de leitores, atraindo a atenção do público pelo viés da fantasia e da imaginação.

O projeto funciona da seguinte forma: o participante leva um livro novo ou usado em boas condições (não pode estar rasgado ou riscado), insere na máquina e aperta um dos dois botões disponíveis: adulto ou infantil. Automaticamente aquele livro se transforma em outro livro, que o participante levará para casa e aproveitará sua nova leitura. Cada pessoa pode levar até três exemplares e não são aceitos gibis, livros didáticos e livros técnicos. A expectativa é de mais de 500 trocas de livros por dia de ação.

Nas edições anteriores, todas as expectativas foram superadas e a passagem da máquina pelas cidades foi um sucesso. “É uma sensação de dever cumprido. Quando olho para as pessoas que se locomovem de vários locais de suas cidades para virem até a máquina é a certeza que o projeto está no caminho certo. Ver a participação e engajamento de tantas pessoas é acreditar que projetos culturais trazem inúmeros benefícios à sociedade”, acredita Fauze, presidente da Infinito Cultural.

Segundo a organizadora do projeto, para as transformações de livros acontecerem de forma segura neste período de pandemia, principalmente para o público, A Incrível Máquina de Livros adotou vários protocolos de prevenção seguindo as orientações das autoridades competentes. O uso de máscara e o distanciamento na fila são obrigatórios para os participantes, que terão à disposição totens com álcool em gel. Todos os livros que entram e saem da máquina são higienizados, assim como a própria máquina e seus equipamentos.

“Teremos a participação de alunos e professores de doze unidades de ensino da rede municipal de educação que terão a possibilidade de ampliar o acervo bibliográfico de suas escolas. A Secretaria também se dispôs a dar todo o suporte de infraestrutura para o projeto”, afirma a coordenadora de Projetos Especiais da Semec, professora Rita Veloso.

A Incrível Máquina de Livros estará na Praça João Luís Ferreira no dia 02/11, das 09h às 16h; e nos dias 03 e 04/11, das 8h às 11:30 e das 13h às 17h.

Participam as seguintes unidades de ensino: Escola Municipal Joca Vieira; E.M Delfina Borralho Boa Vista; CMEI Chico Mendes; E.M Jornalista João Emílio Falcão; E.M José Nelson de Carvalho; E.M São Sebastião; E.M Santa Filomena; CMEI Tia Jane; E.M Antonio Ferraz; E.M Itamar Brito; E.M Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e E.M José Gomes Campos.

Times de futsal da zona Norte participam de torneio organizado pela E. M. Poeta Da Costa e Silva

Foi um sucesso a abertura do I Torneio Comunitário de Futsal Zona Norte, que está acontecendo aos domingos na quadra poliesportiva da Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva. As primeiras disputas classificaram cinco times para as quartas de final, os próximos classificados para essa etapa serão conhecidos neste domingo (31).

A realização é do diretor José Manoel e do professor de educação física Fábio Andrade. Fábio é árbitro profissional e está conduzindo as partidas. A ação é uma oportunidade de incentivar o esporte entre os jovens e dar visibilidade ao trabalho das escolinhas de futebol da região Norte.

Ainda com restrições contra a disseminação do coronavírus, a atividade acontece sem torcida, apenas as equipes podem entrar na escola. Os atletas precisam higienizar as mãos e conferir a temperatura logo na chegada.

“Estamos bastante animados com o Torneio, pois teve muita procura e já começamos a pensar em algo maior. Todos entenderam a proposta o evento, que é de integração, por isso temos uma participação ativa dos times, As finais masculina e feminina acontecem em dezembro”, disse o diretor da unidade de ensino, José Manoel.

Equipe da PMT conhece, em São Paulo, projetos voltados para a primeira infância

Nesta terça-feira (26), uma equipe formada por membros da Prefeitura de Teresina e da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) iniciou uma visita técnica às cidades de Judiai (SP) e Itu (SP) para conhecer os projetos desenvolvidos pelo poder públicos dessas cidades por meio do Programa Urban95.

A comitiva é formada pelos secretários municipais de Planejamento e Educação, Joao Henrique Sousa e Nouga Cardoso, respectivamente; pela secretária executiva de Planejamento e Gestão da Prefeitura de Teresina, Kárita Allen. Além da diretora de Ensino da Seduc, Maria José Mendes, e da gerente de Ensino Fundamental, Marília Aragão. As visitas técnicas serão acompanhas pelos prefeitos de Jundiaí, Luiz Fernando Arantes, e de Itu, Guilherme Gazzola.

A equipe piauiense busca um norteamento para aplicação dos projetos na capital Teresina para que sejam executados de forma mais assertiva possível. “Desde julho passamos a fazer parte dessa rede de apoio para ações voltadas para a primeira infância. Com o aval do prefeito Dr. Pessoa, vamos a esta visita técnica para que possamos ver na prática a aplicação dessas ações e como podemos replicar na nossa cidade para termos melhorias nos espaços públicos, mobilidade e outros serviços voltados para a primeira infância”, explicou João Henrique Sousa.

Teresina passou a integrar a rede Urban 95 no segundo semestre deste ano. O município receberá suporte e acompanhamento para construir diagnósticos sobre a primeira infância, implementar o Plano Municipal pela Primeira Infância e promover ações de requalificação de espaços públicos.

“Ao visitarmos estes dois municípios no estado de São Paulo, buscamos acompanhar a modelagem referência no Sistema Nacional de Educação, e que atenda aos princípios da Urban95, uma iniciativa global que pensar na inclusão de crianças e cuidadores no planejamento urbano, nas estratégias de mobilidade e nos programas e serviços oferecidos nas cidades. Isso nos proporciona vivências muito benéficas para que possamos adequar e tornar nosso sistema educacional ainda melhor”, afirma Nouga Cardoso, secretário municipal de Educação.

A equipe visitará o Parque Mundo da Criança, situado em Jundiaí. O espaço público tem acesso gratuito e também uma proposta sustentável, onde busca unir brincadeira e educação. O Parque possui diversos espaços que funcionam como área de lazer e também salas de aula, visando a integração de aprendizado e lazer, onde as crianças podem aprender brincando. Também conta com um sistema de funcionamento estrutural que integra pessoas com deficiência em todos os espaços, sem segmentar apenas uma área que seja de sua utilização.

A Urban95 já é uma parceira do Departamento Agenda Teresina 2030, que é vinculado à Secretaria de Planejamento e Coordenação. A Prefeitura busca um alinhamento positivo a projetos como esse que envolvem um desenvolvimento sustentável e uma melhor unidade na utilização de espaços urbanos voltados para inclusão da primeira infância. “Nessa viagem temos a oportunidade de aprender com um sistema de educação que já vem dando certo, e nosso objetivo é fazer com que esse método seja inspiração para o desenvolvimento de melhorias dentro do nosso município” conclui Kárita Allen, secretária executiva de Planejamento Estratégico e Gestão.

CACS-FUNDEB discute prestação de contas e atuação dos conselheiros

O Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (CACS-FUNDEB/THE) se reuniu em plataforma online, na manhã desta terça-feira (26/10). Entre os assuntos tratados, a leitura de ata das Reuniões Ordinárias de 27 de julho e 31 de agosto de 2021; a apreciação de balancete do FUNDEB referente ao mês de agosto de 2021, relatório/parecer mensal para aprovação e assinatura; e condições de atuação dos conselhos, garantidas pela Lei Federal nº 14.113/2020, artigo 33, § 4º.

Com relação às condições de atuação dos conselheiros foi levantada a questão do deslocamento dos membros para a participação das ações e reuniões do CACS-FUNDEB. Segundo o presidente do Conselho, Ridis Santos, a secretária executiva de Gestão da Secretaria Municipal de Educação (Semec), professora Edileusa Sampaio, tem ciência da situação e está empenhada em sanar as pendências.

Sobre a prestação de contas, o Conselho avalia que a Prefeitura Municipal de Teresina está cumprindo a legislação vigente. Foi apresentado o balancete do FUNDEB referente ao mês de agosto de 2021. Entre os gastos, estão o pagamento da folha de funcionários (efetivos e terceirizados), vigilância ostensiva, vale-transporte, vigilância ostensiva e energia elétrica.

Na reunião também foi tratado sobre o retorno do projeto “Fundeb em Ação”, que resultou na cartilha “Eu racionalizo e preservo o patrimônio público” e será analisado para possível implementação em breve. O programa tem o objetivo de levar a conscientização sobre o uso dos recursos públicos e a conservação do patrimônio público à toda a comunidade escolar de Teresina.

A próxima reunião ordinária está marcada para o dia 30/11/2021, já na modalidade presencial e não mais online, como tem ocorrido até então.

#nome{ width: 49%; float: left; }