Representantes da PMT estão em Itú (SP) para conhecer gestão educacional no município

Nesta quarta-feira (27/10), representantes da Prefeitura Municipal de Teresina estiveram na cidade de Itú (SP) para conhecer projetos voltados para a primeira infância na área educacional, como participantes da Rede Urban95. Além da experiência com ensino remoto e híbrido durante a pandemia da COVID-19.

A comitiva é formada pelos secretários municipais de Planejamento e Educação, Joao Henrique Sousa e Nouga Cardoso, respectivamente; e pela Secretária Executiva de Planejamento e Gestão da Prefeitura de Teresina, Kárita Allen. Além dos representantes da Prefeitura, acompanham a visita técnica representantes do Governo do Estado, como a Diretora de Ensino da Secretaria Estadual de Educação, Maria José Mendes, e da Gerente de Ensino Fundamental da Secretaria Estadual de Educação, Marília Aragão.

“Nosso prefeito Dr. Pessoa tem muita preocupação com a assistência dos alunos da rede pública. Com o foco na gestão de pessoas, temos buscado referências exitosas para que possamos acompanhar e adaptar à nossa realidade. Como Planejamento do município, buscamos dar assistência às demais secretarias e, por isso, estamos aqui acompanhados do Secretário Nouga Cardoso”, disse João Henrique Sousa.

A visita técnica é acompanhada pelo Prefeito de Itu, Guilherme Gazzola. “Ficamos felizes de ser referência na educação e em projetos voltados para a primeira infância. A equipe da Prefeitura de Teresina e do Governo do Estado do Piauí podem conhecer como temos enfrentado esta pandemia e as adaptações que tem sido muito assertivas para a retomada do ensino presencial”, disse Gazzola.

Um dos importantes diferenciais do sistema viabilizado em Itú é o fato do professor da sala de aula ser o mesmo da vídeo-aula, estratégia que visou contribuir para a manutenção do vínculo professor/aluno e amenizar os impactos pedagógicos provocados pelo cenário pandêmico. “Pudemos verificar como os alunos residentes na extensa zona rural da cidade recebem atenção especial por parte da equipe da Secretaria de Educação de Itu. Isso é muito importante para que possamos melhorar ainda mais a nossa estratégia de retomada e de atenção especial aos alunos da rede municipal”, explicou Nouga Cardoso, Secretário Municipal de Educação.

“Teresina passou a integrar a rede Urban 95 no segundo semestre deste ano. O município receberá suporte e acompanhamento para construir diagnósticos sobre a primeira infância, implementar o Plano Municipal pela Primeira Infância e promover ações de requalificação de espaços públicos, mobilidade para famílias, gestão de dados e melhorias de serviços para a primeira infância. Isso será muito positivo para nossa cidade”, completa Nouga Cardoso.

Visita Técnica

A equipe também visitará o Parque Mundo da Criança, situado em Jundiaí. O espaço público tem acesso gratuito e também uma proposta sustentável onde busca unir brincadeira e educação. O Parque possui diversos espaços que funcionam como área de lazer e também salas de aula, visando a integração de aprendizado e lazer, onde as crianças podem aprender brincando. O Parque também possui um sistema de funcionamento estrutural que integra pessoas com deficiência em todos os espaços, sem segmentar apenas uma área que seja de sua utilização.

A Urban95 já é uma parceira do Departamento Agenda Teresina 2030, que é vinculado à Secretaria de Planejamento e Coordenação. A Prefeitura busca um alinhamento positivo a projetos como esse que envolvem um desenvolvimento sustentável e uma melhor unidade na utilização de espaços urbanos voltados para inclusão da primeira infância. “Nessa viagem temos a oportunidade de aprender com um sistema de educação que já vem dando certo, e nosso objetivo é fazer com que esse método seja inspiração para o desenvolvimento de melhorias dentro do nosso município” conclui Kárita Allen, Secretária Executiva de Planejamento Estratégico e Gestão.

CMEIs ensinam sobre sustentabilidade com atividades divertidas

As crianças dos Centros Municipais de Educação Infantil de Teresina estão aprendendo sobre meio ambiente e sustentabilidade a partir de atividades divertidas na escola. A temática é parte do plano de ensino e fundamental na formação dos pequenos.

No CMEI Raquel de Queiroz a turminha participou de uma oficina para fabricação de brinquedos com material reciclado. A matéria prima era garrafa pet, caixas de papelão e outros descartáveis que vão para o lixo todos os dias. Em um momento de aprendizado e diversão, os alunos seguiram as orientações das professoras, utilizaram a imaginação e criaram novos brinquedos.

Já no CMEI Noronha Filho os alunos do II Período participaram de brincadeiras e um momento de pintura para aprender sobre a coleta seletiva. O CMEI conta com um sistema de separação do lixo e as crianças começam a contribuir com esse processo.

Também teve atividade no CMEI Tia Jane. A turma do Maternal II foi desafiada a produzir sobre a importância da reciclagem para o meio ambiente. A pequena Aylla Sophia contou com ajuda da família para construir um cartaz educativo, onde aponta os perigos do descarte incorreto do lixo. “Se eu fosse um peixinho e soubesse nadar, eu tirava todo o lixo do fundo do mar”, escreveu a menina.

Servidores da Secretaria Municipal de Educação devem fazer o censo cadastral

Os servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semec) já podem fazer a atualização dos seus dados por meio do Recadastramento Funcional. O censo é destinado a todos os servidores ativos titulares de cargo efetivo, em função comissionada, contratados temporários que fazem parte da educação de Teresina terão que atualizar seus dados junto ao órgão, através do Censo Cadastral. O prazo é até o dia 18/11.

A plataforma para o recadastramento foi desenvolvida pela RGM Tecnologia em parceria com a Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater). Os servidores irão acessar a plataforma, através do site da Semec (o recadastramento ocorrerá exclusivamente na forma online, no endereço eletrônico: https://semec.pmt.pi.gov.br/recadastramento/). “Temos hoje na Semec aproximadamente 6.800 professores e técnicos. Eles responderão ao questionário, que será aplicado de forma online. Assim, teremos o controle efetivo dos dados, como por exemplo, quem está afastado, quem tem direito a promoção, todo o conjunto de informações funcionais que são essenciais dentro do serviço público”, explica a secretária executiva de Gestão da Semec, professora Edileusa Sampaio.

Através do levantamento será possível a realização de um planejamento das ações a partir das informações mais atualizadas do quadro de pessoal disponível. “É imprescindível que todos os servidores participem”, acrescenta Edileusa Sampaio.

Segundo o decreto (https://semec.pmt.pi.gov.br/wp-content/uploads/sites/46/2021/10/decreto.pdf) assinado pelo Prefeito Municipal de Teresina, Dr. Pessoa, na impossibilidade de recadastramento online, motivada por incapacidade física, mental ou de saúde, temporária ou permanente e/ou por recomendação médica devidamente comprovada por atestado ou laudo médico, o servidor ou seu procurador, solicitar o atendimento domiciliar, devendo agendar no portal de recadastramento, endereço eletrônico: https://semec.pmt.pi.gov.br/recadastramento/, e que será prestado por um servidor público da Semec designado.

A Secretaria Municipal de Educação será a responsável pela organização, implementação e gerenciamento da programação, bem como pela fiscalização da execução do recadastramento pela comissão instituída por portaria do Secretário Municipal de Educação.

O recadastramento é de caráter obrigatório, devendo o servidor preencher o formulário próprio, anexar os documentos, via upload: documentação original ou cópia colorida autenticada, com ato de nomeação e termo de posse do servidor (caso presencial, cópia acompanhada de documento original); Declaração de lotação atual; Carteira de identidade (caso o R.G. tenha sido emitido há mais de 10 (dez) anos, o mesmo deverá ser apresentado em conjunto com outro documento oficial com foto emitido há menos de 10 (dez) anos; Cadastro de Pessoas Físicas – CPF; Título de Eleitor; Certidão de casamento e/ou averbação da separação judicial, divórcio e Certidão de nascimento; Carteira de reservista (para servidores do sexo masculino); Comprovante com n° do PIS/PASEP; Comprovante de residência atualizado no nome do servidor ou declaração de próprio punho (no máximo 60 dias da emissão); Certificado de conclusão do curso do Ensino Fundamental, Médio e Superior (conforme exige o cargo que ocupa); Carteira de registro profissional no Respectivo Conselho de Classe, conforme o caso; Certificado de conclusão de curso de especialização, Mestrado e Doutorado, conforme o caso; CNH no caso de motoristas; Telefone e e-mail válido; foto do perfil 3×4 (com enquadramento de rosto e ombro por inteiro), datada até 3 meses.

No caso de servidores que tenham dependentes na folha de pagamento, para fins de redução periciada, e dependentes para salário família, serão solicitados os seguintes documentos: documento de identificação com foto (se houver) ou Certidão de Nascimento; CPF (obrigatório para dependentes maiores de 8 anos); laudo médico atestando cuidados especiais ou incapacidade definitiva, no caso de maior inválido; Termo de Curatela ou Interdição, no caso de inválido; Termo de Guarda.

Os servidores ativos deverão se recadastrar anualmente a partir do exercício de 2022, no mês do respectivo aniversário, com a finalidade de promover a atualização de seus dados cadastrais.

Time da Semec é destaque no Torneio dos Servidores Municipais

Os servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semec) batem um bolão para além da educação. A turma montou um time para participar do Torneio dos Servidores Municipais, organizado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel).

A equipe é formada por professores, servidores administrativos e estagiários, competindo em duas categorias. No Futsal, o time da Semec venceu todos os quatro jogos disputados até agora, ficando em primeiro lugar na chave. No Socyte, ocupa o segundo lugar, com duas vitórias e uma derrota.

O professor Manoel Pereira, da Escola Municipal Parque Itararé, é um dos reforços do time. Ele conta que a competição é um momento de diversão. “Não somos atletas profissionais, mas é muito bom poder interagir com colegas de outros órgãos da Prefeitura nas disputas sempre animadas”, disse Manoel.

#nome{ width: 49%; float: left; }