Escolas municipais de Teresina participam do Programa Brasil na Escola

Induzir e fomentar a permanência, as aprendizagens e a progressão escolar com equidade na idade adequada dos estudantes matriculados nos anos finais do ensino fundamental. Estes são os objetivos do Programa Brasil na Escola (PBE), do Ministério da Educação (MEC), implementado em oito escolas da Rede Municipal de Educação de Teresina. Na manhã desta segunda-feira (16), uma equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semec) se reuniu para tratar sobre o programa.

“Hoje nós apresentamos o Plano de Ação do município de Teresina que já foi criado e enviado para o MEC e repassamos orientações para as escolas construírem seu plano de atendimento. O Programa Brasil na Escola teve início em abril deste ano, com a adesão do município e das escolas, e será implementado efetivamente nas unidades de ensino em fevereiro de 2022, quando os alunos fazem a prova diagnóstica”, explica a coordenadora do Brasil na Escola em Teresina, Gilda Mary Ibiapina.

O PBE tem três eixos: apoio técnico e financeiro, valorização das boas práticas e inovação. No primeiro eixo, de apoio técnico e financeiro, as escolas recebem da Secretaria de Educação Básica do MEC, cada uma delas, uma parcela fixa no valor de R$ 10 mil e mais três parcelas, com valores que variam de acordo com a quantidade de alunos e os resultados apresentados. O auxílio financeiro é para que sejam implementados projetos e rotinas que permitam a melhoria da aprendizagem e diminuição da reprovação.

Em Teresina as unidades de ensino foram escolhidas por atenderem a um dos critérios definidos pelo MEC que é 70% ou mais dos alunos beneficiados pelo Bolsa Família (agora renomeado Auxílio Brasil). Participam do programa: Escola Municipal Angelim, Escola Municipal Coronel Boa Vista, E.M Professor Ofelio Leitão, E.M Professora Zoraide Almeida, E.M Raimundo Nonato Monteiro Santana, E.M Hindemburgo Dobal e E.M Professor Marcílio Flavio Rangel de Farias.

Servidores da Semec têm até quinta-feira (18) para efetuar recadastramento

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) convocou todos os servidores da pasta para realizar a atualização cadastral 2021. O procedimento acontece de forma online, é obrigatório e encerra nesta quinta-feira (18).

Estão sendo atualizados os dados pessoais e funcionais de servidores efetivos, professores temporários e servidores comissionados. De acordo com a Semec, estão inclusos os servidores à disposição, cedidos (pode convênio ou permuta) e aqueles afastados ou de licença por qualquer natureza. Todos os professores, pedagogos e técnicos administrativos devem participar.

O censo cadastral foi instituído por decreto municipal e vai otimizar o planejamento de ações relacionadas à educação. A atualização ajuda, por exemplo, na organização das progressões dos docentes. A partir de 2022, o recadastramento será anual e cada servidor deverá atualizar seus dados funcionais no mês de aniversário.

Clique aqui para acessar a página do censo.

https://censo.semec.pmt.pi.gov.br/siscenso.ui/#/features/slim/at/servidor/launch

Clique aqui para conferir o manual de recadastramento.

https://semec.pmt.pi.gov.br/wp-content/uploads/sites/46/2021/10/MANUAL_-_RECADASTRAMENTO_FUNCIONAL-2.pdf

#nome{ width: 49%; float: left; }