CMEI Sagrado Coração de Jesus utiliza cantigas de roda no projeto Vem Cantar Comigo

Na Semana Nacional da Música, o Centro Municipal de Educação Infantil Sagrado Coração de Jesus, localizado na Taboca do Pau Ferrado, está realizando a culminância do projeto Vem Cantar Comigo. Os alunos estão expondo seus trabalhos nos dias 17 e 18 de novembro.

O projeto tem a música como foco, especificamente as cantigas de roda. Desde o mês de agosto, ainda com as aulas no formato remoto, as crianças começaram a estudar tudo sobre esses clássicos infantis. A ideia da pedagoga Francilene Ribeiro era envolver diversas estratégias de aprendizado com base nas cantigas de roda.

“Queríamos algo diferente para chamar a atenção das crianças e dos pais, contemplando o público muito diverso que nossa escola atende: são turmas do Maternal ao 2º ano do Ensino Fundamental. Foi aí que pensamos na música, algo democrático e que ensina muito. Trabalhamos artes, dobraduras, brincadeiras, jogos”, conta Francilene. Segundo ela, o projeto superou as expectativas. “Exploramos também leitura, escrita, interpretação, ritmo, inúmeras habilidades, contando com as famílias”, afirma.

Cantigas como Baratinha, O Cravo e A Rosa, Borboletinha, entre outras, fizeram parte da rotina das turmas por três meses. No evento de culminância, as crianças realizaram uma exposição das produções em sala de aula e apresentações para os colegas. Também receberam a visita dos alunos da Escola Municipal Manoel Alves de Oliveira.

A programação contou com parceiros para animar o primeiro dia, como o grupo Música para Todos; o músico mirim Paulo Hayrton, talentoso ao tocar acordeom; e Márcia Andreia, professora da Rede Municipal de Ensino que também é apaixonada por música.

Para a diretora Perpétua Alves, o projeto marca a retomada das atividades presenciais na escola. “Ainda vivenciamos um momento difícil, e a música traz um certo alívio. As crianças adoraram aprender através das cantigas populares, com um pouco de alegria para nosso CMEI”, concluiu a diretora.

Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva terá ampliação de vagas em 2022

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, acompanhado do secretário executivo de Ensino, Kleytton dos Santos, e o coordenador do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação, Reinaldo Ximenes, estiveram na manhã desta quarta-feira (17) visitando a Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva, localizada no Residencial Jacinta Andrade, zona norte de Teresina. A ida à unidade de ensino atendeu a um pedido do diretor, José Manoel Assunção Filho.

“Sentimos a necessidade de ampliar nosso espaço escolar devido ao aumento da demanda de alunos. Recebemos a grande maioria dos egressos do CMEI Raquel de Queiroz, que fica na região, e a procura por vagas é crescente. Existe um prédio atrás da nossa escola, que é do Governo do Estado, ocioso, e solicitamos que a Secretaria Municipal de Educação (Semec) consiga a cessão para o nosso uso”, afirma o diretor José Manoel Assunção Filho.

 

Atualmente a E.M Poeta Da Costa e Silva atende 939 alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. Com a cessão do prédio para a Prefeitura de Teresina, mais seis turmas de 25 alunos serão ofertadas, ampliando para 1.089 vagas. “Além das aulas, temos reforço para o fortalecimento do processo de ensino-aprendizagem, o que faz com que um espaço maior seja necessário para a nossa escola”, acrescenta José Manoel.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, já há um entendimento entre a Prefeitura Municipal de Teresina, através da Semec, com o Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc). “O processo de cessão do prédio já está em processo final, falta apenas a formalização do acordo, o que deve ocorrer nas próximas semanas. Com isso, mais 150 novas vagas serão criadas na Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva para o ano letivo de 2022, garante Nouga Cardoso.

CMEI Hilda Lemos também retorna aulas no formato híbrido

Com uma programação gradual de retorno das unidades de ensino da Rede Municipal ao formato de aulas presenciais, o Centro Municipal de Educação Infantil Professora Hilda Maria Lemos Santos e Silva também deu início às atividades na nova modalidade.

O CMEI localizado na zona Norte de Teresina retornou com 170 alunos que revezam entre aulas presenciais e no formato online, garantindo um menor número de crianças em sala de aula. Aos poucos, a turma vai retomando uma rotina de brincadeiras, aprendizado e interação.

“Essa volta foi conversada com os pais e estamos seguindo todas as medidas sanitárias. Os alunos recebem orientações diárias sobre esse novo momento, não podemos descuidar. É muito bom ver a escola com vida novamente”, disse a pedagoga Darlene de Moura, apoio das diretoras Claudiana Bento e Socorro Patrícia. O trio trabalha para garantir qualidade pedagógica e um espaço seguro à comunidade escolar.

#nome{ width: 49%; float: left; }