Emoção e orgulho tomaram conta da solenidade de premiação dos alunos da Rede Municipal de Teresina medalhistas em competições de robótica, nesta terça-feira (30). A Rede Pública Municipal tem sido pioneira em estudos na área, desbancado, inclusive, equipes universitárias nas maiores olimpíadas do país.

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, entregou 17 medalhas a alunos que se destacaram nacionalmente. A equipe de Robótica e Satélites Artificiais do Programa Cidade Olímpica ficou com o 1º lugar geral na 17ª Semana Nacional da Ciência e Tecnologia (SNCT), sendo premiada com um cubsat educacional. Este objeto se tornou o primeiro satélite artificial do Piauí na história. Até a turma de língua portuguesa do Cidade Olímpica se destacou, levando o 3º lugar nacional, com a temática de satélites artificiais.

Os secretários executivos de Ensino e Gestão, Kleytton dos Santos e Edileusa Sampaio, respectivamente, aplaudiram de pé as conquistas dos alunos, agradecendo especialmente o empenho dos professores no apoio à turma. “Fazem um trabalho espetacular apoiando os sonhos desses jovens talentos”, disse Edileusa.

Também foram premiadas as alunas representantes das equipes classificadas em 1º e 2º lugar na primeira fase da Olimpíada Brasileira de Satélites MCTI (OBSAT). E mais sete alunos medalhistas na Olimpíada Brasileira de Robótica, com quatro medalhas de ouro e três de prata.

O professor de robótica, Edwar Montenegro, é um dos principais envolvidos em tantas conquistas. Emocionado, exaltou o empenho dos alunos e destacou o pioneirismo de Teresina na área. “Quero agradecer aos alunos que confiam muito em mim e aceitam os desafios que sugiro para eles. São estudantes que merecem o que conquistaram. No Piauí, não havia nenhum aluno que já tivesse participado da Olimpíada Brasileira de Satélites, e hoje estão aí, alunos de escolas públicas do ensino fundamental que concorrem de igual para igual com estudantes de nível superior”, declarou, pedindo apoio para conquistarem ainda mais.

E se depender do secretário Nouga, o apoio está garantido. “É com muito orgulho que hoje entregamos as medalhas para estes estudantes que representam de forma muito honrosa a Rede Municipal de Educação. Eu me comprometo a fazer tudo que estiver ao alcance da Secretaria para que todo o apoio seja dado a programas como o Cidade Olímpica Educacional”, afirmou.

Ester de Araújo, mãe da Letícia Soares, não escondeu a emoção de ver a medalha no peito da filha. A menina conquistou bronze na competição nacional de Ciência e Tecnologia. “É muito gratificante para mim, como mãe, ver que ela está se sentindo realizada de ter sido reconhecida depois de muito esforço, após um ano no Cidade Olímpica, um incentivo para a participação em outros projetos que colaborem com a sua formação educacional”, concluiu a mãe.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).

#nome{ width: 49%; float: left; }