Semec e Seduc discutem cessão de prédios na capital

Com o objetivo de firmar novas parcerias visando incrementar o atendimento às comunidades no município de Teresina, secretários municipais de Educação (Semec) e Governo, e Secretaria Estadual de Educação do Piauí (Seduc) estiveram reunidos hoje (06), discutindo e identificando os principais problemas enfrentados para ofertar maior número de vagas nas escolas. A Semec vem buscando mais espaços para atender as demandas em várias zonas da cidade, de acordo com as solicitações feitas por pais de alunos, associações de moradores, professores e diretores de escolas.

Os secretários que estavam acompanhados de equipes técnicas pontuaram sobre a importância da parceria, dentre elas a cessão de prédios públicos e das responsabilidades para cada uma das partes envolvidas.

“Se faz educação com diálogo e com parcerias que possam gerar bons frutos. A Secretaria Estadual de Educação é uma parceria que contribui com a educação de Teresina, através de cessão de prédios onde funcionam algumas de nossas escolas, bem como o munícipio de Teresina também concede cessão para os órgãos do Estado. Com mais prédios, a Semec tem condições de ofertar mais vagas para o ensino fundamental”, ressalta o secretário de Educação de Teresina, professor Nouga Cardoso.

O secretário municipal de Governo, André Evangelista, pontuou que a prefeitura tem total interesse em firmar boas parcerias, sempre buscando o bom desenvolvimento de Teresina. “Educação é um compromisso de toda a gestão do Dr. Pessoa. O professor Nouga está buscando novas parcerias de bons resultados e que garantam uma maior oferta de vagas nas escolas. Alguns prédios do Estado podem atender as nossas necessidades”, ressalta.

O secretário estadual de Educação, Ellen Gera, disse que o Estado tem o compromisso de contribuir com o ensino de qualidade em todos os municípios piauienses. “Sem dúvida Teresina é uma grande parceira nossa na educação e sempre estaremos à disposição para contribuir com a qualidade do ensino. A cessão de prédio é um trabalho que já desenvolvemos com a capital”, enfatiza Ellen Gera.

Semec analisa expansão de vagas para Educação Infantil no bairro Mafrense

Representantes da Associação de Moradores do Mafrense estiveram, nesta quinta-feira (06), com o secretário municipal de Educação de Teresina, Nouga Cardoso, dialogando sobre as demandas da Educação Infantil na comunidade. Nouga recebeu o grupo em seu gabinete, com o deputado estadual João de Deus.

Os moradores pedem a expansão de turmas para as crianças, ampliando o número de vagas ofertadas atualmente pelo Centro Municipal de Educação Infantil Tia Regina Napoleão. A diretora do CMEI também participou do encontro e destacou a necessidade de ampliação do espaço para abertura de novas turmas.

O secretário Nouga Cardoso se mostrou disposto a atender a demanda da comunidade e convidou uma equipe técnica da Secretaria para visitar o espaço do CMEI na semana seguinte. Segundo ele, é de interesse da Prefeitura atender os alunos em suas localidades. “Pensamos em expansão de vagas dentro de cada comunidade, seguindo demanda e oferta, sempre prezando pela qualidade, segurança e conforto dos espaços escolares. Vamos analisar a viabilidade de atender o que os moradores precisam, dentro das nossas possibilidades”, disse o secretário.

O presidente da Associação de Moradores do Mafrense, Anderson (Louro), saiu animado da reunião e vê o diálogo como um passo positivo para melhorias no bairro. “Estamos felizes em ser ouvidos e já saímos com encaminhamento de uma visita, o que nos deixa esperançosos quanto ao atendimento dessa demanda para nossas crianças. Também temos outras ideias e o secretário se dispôs a avaliar junto conosco as possibilidades. Vamos assumir juntos esse compromisso pelo bairro Mafrense”, concluiu.

Semec lança chamada pública para pesquisa de preço de gêneros alimentícios da agricultura familiar

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) está realizando chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para atender as unidades de ensino da Rede Municipal no ano letivo de 2022. A pesquisa de preço será com empreendedor familiar rural por grupos formais, grupos informais de agricultores familiares e fornecedores individuais.

Essa etapa é para obtenção de preço especificamente dos gêneros cebola branca, pimentão verde e melão japonês. Os itens serão destinados ao preparo das refeições diárias servidas nas escolas municipais.

“A proposta deverá ser redigida em papel timbrado, datada e assinada pelo representante legal da Associação ou Cooperativa, contendo prazo de validade de, no mínimo, 60 dias. E deverá ser enviada para o e-mail nutricaogae@gmail.com”, explica Neusa Camilla Cavalcante, da Divisão de Nutrição da Semec.

Clique aqui para conferir o Aviso de Convocação!

#nome{ width: 49%; float: left; }