Escolas municipais estão com matrículas abertas para Educação de Jovens e Adultos

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) está em busca de jovens e adultos que por algum motivo pararam de estudar. Atualmente, 28 escolas municipais contam com a Educação de Jovens e Adultos (EJA) no turno da noite, e todas unidades de ensino estão com matrículas abertas até o dia 21 de janeiro.

“Se você não teve a oportunidade ou parou de estudar, é hora de voltar à sala de aula para garantir um futuro melhor por meio da educação”, anuncia o coordenador da EJA no município, Francisco Rodrigues. “Além de concluir o Ensino Fundamental, o aluno dessa modalidade pode ter acesso a cursos profissionalizantes, estamos tentando viabilizar oficinas”, completa.

As unidades de ensino já apontaram os cursos que mais interessam em cada comunidade. A qualificação profissional deve ser ofertada a partir de parcerias.

O diretor da Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada no bairro Cerâmica Cil, Miguel Arcanjo, montou estratégias de divulgação das matrículas, com apoio da Semec, em busca de convencer os adultos a retomar os estudos. “Vamos usar uma moto de som, panfletos, cartazes e até faixas para trazer esse pessoal. Estamos com ótimas expectativas”, disse o gestor. A escola possui cinco turmas com 92 alunos e mais vagas em aberto.

Veja a lista de escolas e procure a mais próxima da sua casa.

Escolas da Rede Municipal terão novos projetos culturais em 2022

Cultura nas escolas é a proposta de parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semec) e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). Um encontro entre o secretário da Semec, professor Nouga Cardoso, e o presidente da Fundação, Ênio Portela, levou a encaminhamentos para já planejar ações culturais nas unidades de ensino da Rede para o ano de 2022.

A parceria é no mesmo sentido do projeto com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), envolver os órgãos municipais para beneficiar crianças e adolescentes em diversos aspectos.

Com a FMC, a ideia é proporcionar atividades artísticos-culturais como aulas de balé, artes e banda escola. “Estamos planejando um conjunto de atividades para movimentar as unidades de ensino, ampliar a visão de mundo dos estudantes e oferecer uma formação mais completa”, disse o secretário executivo de Ensino da Semec, Kleytton dos Santos.

#nome{ width: 49%; float: left; }