Alunos de escolas municipais de Teresina conquistam medalhas na 16ª edição da OBMEP

Alunos de 66 escolas da Rede Municipal de Ensino de Teresina participaram da 16ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), realizada em 2021. O resultado foi bastante satisfatório, com diversos estudantes obtendo medalhas. Destaque para alunos da Escola Municipal Nossa Senhora da Paz, que conquistaram duas medalhas de ouro, três de bronze e 14 menções honrosas.

“Essas conquistas nos enchem de orgulho e nos deixam motivados, é um estímulo para nós. Nossos alunos são muito bem preparados e temos todo o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), o que muito contribui para esses bons resultados”, afirma o Diretor de Projetos da Fundação Nossa Senhora da Paz, Rubens Dantas.

Durante a preparação para a prova, os alunos têm acesso ao material com o conteúdo cobrado, participam de simulados e recebem apoio dos professores. Na E.M Nossa Senhora da Paz, por exemplo, 30 estudantes do 6º ao 9º ano assistem aulas aos sábados. O responsável por este trabalho na unidade de ensino é o professor Luis Carlos da Silva, que desde 2004 prepara alunos para olimpíadas de matemática.

“É uma felicidade imensa termos nossos alunos como destaque, é a coroação do esforço e dedicação. Das três medalhas de ouro conquistadas por alunos de escolas públicas de Teresina, duas são de alunos nossos. Além disso, obtivemos três medalhas de bronze e 14 menções honrosas. Nossos alunos sempre se destacam na OBMEP. Em 2019 o Yuri Gomes foi o único medalhista de ouro de Teresina e ganhou reconhecimento nacional pelo feito”, conta, orgulhoso, Luis Carlos.

Ao todo, 17 alunos da Rede Municipal de Ensino de Teresina conquistaram medalhas na 16ª edição da OBMEP: três de ouro, duas de prata e 12 de bronze. As escolas também foram premiadas: E.M Barjas Negri, E.M Professora Maria do Socorro Pereira da Silva e E.M Nossa Senhora da Paz, além de sete professores.

Segundo dia de encontro de gestores discute orientações pedagógicas para o novo ano letivo

Na manhã desta quinta-feira (20), foi a vez dos diretores das escolas municipais de Ensino Fundamental dialogarem com gerentes e coordenadores da Secretaria Municipal de Educação (Semec) as orientações pedagógicas para o ano letivo de 2022. Em dois dias de encontro, todos os gestores escolares conheceram as normativas para este ano e tiraram dúvidas sobre os aspectos que envolvem a rotina das unidades de ensino.

Este ano os alunos retomam as atividades presenciais em dois grupos, em formato de revezamento com aulas online. Somente a Educação de Jovens e Adultos (EJA) volta 100% presencial. As medidas de segurança sanitária serão mantidas, além de um planejamento voltado para o reforço das aprendizagens estruturantes, em busca de minimizar os impactos da pandemia na educação.

“Temos algumas novidades como a ampliação da formação continuada dos professores, incluindo também formação de gestores e coordenadores pedagógicos. O formato de avaliação de desempenho dos alunos e o programa de recuperação de aprendizagem. Tudo isso direcionado para o desenvolvimento das habilidades e competências dos estudantes”, anunciou o secretário executivo de Ensino da Semec, professor Kleytton dos Santos.

O secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, aproveitou o momento para agradecer o empenho dos diretores, dar boas-vindas aos novos gestores e destacar os esforços da Secretaria em oferecer um ensino de qualidade aos alunos. “O sucesso do processo de ensino e aprendizagem é fruto de um trabalho coletivo. Estamos em busca de formar cidadãos conscientes de seu papel na sociedade, e para isso precisamos garantir um bom atendimento desde o transporte escolar até os laços com a família. Estamos animados para um novo ano letivo”, declara Nouga.

#nome{ width: 49%; float: left; }