Semec cria comissão para avaliar projetos e materiais do Ensino na Rede Municipal

Com o objetivo de analisar todas as propostas de ações e materiais oferecidos à Secretaria Municipal de Educação (Semec), o órgão instituiu a Comissão de Avaliação de Projetos e Propostas para o Ensino. São oito membros entre técnicos da Semec, professores, pedagogos e formadores.

A Comissão está vinculada à Gerência de Ensino e deverá avaliar todos os projetos dessa área na Secretaria, incluindo materiais didáticos e paradidáticos, além das plataformas digitais. O parecer do grupo vai considerar a viabilidade pedagógica e contribuição dos materiais ofertados para o processo de ensino e aprendizagem dos alunos da Rede.

A presidente da Comissão, professora Janaína Moura, destaca a relevância da iniciativa: “É de suma importância para as deliberações relacionadas ao ensino, diversos olhares acerca das propostas que são ofertadas, uma vez que é preciso ter a garantia de que as mesmas provocarão impactos positivos na aprendizagem dos nossos estudantes”, disse Janaína.

Merendeiras de escolas municipais de Teresina participam de treinamento

Garantir um melhor manuseio dos alimentos que são servidos para os alunos da Rede Municipal de Ensino. Este é o propósito do treinamento que merendeiras que trabalham em escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) da Secretaria Municipal de Educação (Semec) participam durante três dias. A qualificação ocorre no Centro de Formação Odilon Nunes e é promovida pela Servfaz, empresa terceirizada que presta serviços para a Secretaria.

“A Semec já ministra essa capacitação para as merendeiras todo ano e hoje é uma iniciativa de uma empresa privada, onde nós estamos acompanhando. É importante que essas profissionais que lidam diretamente com os alimentos saibam dos riscos de prejuízo à saúde das nossas crianças com a manipulação inadequada dos alimentos”, explica a nutricionista da Semec, Layza Faustino.

A secretária executiva de Gestão da Semec, professora Edileusa Sampaio, disse que todos os cuidados são tomados para garantir uma alimentação de qualidade para os alunos. “Com frequência são realizadas avaliações com nossas nutricionistas, que acompanham todo o trabalho realizado pelas profissionais que atuam com a merenda escolar. Parcerias como esta são sempre muito bem-vindas”, enfatiza Edileusa. Ela acrescenta que a Semec vai promover, ainda em janeiro, mais uma capacitação com todas as merendeiras que trabalham nas 321 unidades de ensino da Rede Municipal de Educação.

As merendeiras estão tendo orientações sobre manipulação de alimentos, a forma correta de armazenamento, higienização do local e também qualificação comportamental. “Além de terem informações sobre a correta manipulação dos alimentos, elas terão noções de marketing pessoal e de relacionamento interpessoal. Dessa forma, elas terão como desempenhar melhor suas funções”, afirma a assistente de Recursos Humanos da Servfaz, Maria Alexsandra Pereira.

Maria Pereira de Sousa, merendeira que trabalha há 18 anos na Escola Municipal Maria do Socorro Pereira da Silva, considera que as informações são muito importantes. “Participo todos os anos da qualificação que a Secretaria nos dá e eu sempre aprendo algo novo, que faz com que a gente melhore o nosso trabalho”, acredita.

Retomadas aulas de judô do Projeto Superação na Rede Municipal de Teresina

Antes mesmo do início das aulas na Rede Municipal de Teresina, os alunos já voltaram aos tatames. A volta às aulas do Projeto Superação foi nesta semana, com a prática de judô em oito unidades de ensino. A ação é uma parceria da Associação de Judô Expedito Falcão com a Secretaria Municipal de Educação (Semec) para utilizar o esporte como ferramenta pedagógica e melhorar o desempenho acadêmico dos alunos.

O Projeto Superação também beneficia as comunidades onde estão localizadas as escolas-núcleos, recebendo crianças que moram na região. Oferecem aulas gratuitas de judô os Centros Municipais de Educação Infantil Tom Jobim, Joffre do Rêgo Castelo Branco e Profª Maria do Carmo Nunes, além das escolas municipais Parque Itararé, Parque Piauí, Eurípides Aguiar, Moaci Madeira Campos e Jornalista Deoclécio Dantas.

De acordo com a Associação, as medidas de proteção sanitária foram retomadas junto com os treinos. O uso de máscara é obrigatório, e cada criança bebe água em sua garrafinha de uso individual.

#nome{ width: 49%; float: left; }