Semec pretende criar horta em escola municipal da zona Norte

Em visita à Escola Municipal Roberto Cerqueira Dantas, localizada na zona Norte de Teresina, que atende 927 crianças do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental nos turnos manhã e tarde, o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, acompanhado da equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semec), solicitou um estudo para viabilidade da criação de uma horta dentro da escola.

O espaço, que atualmente não tem utilidade, passará por uma capina e alguns reparos na infraestrutura, sendo preparado para receber o plantio de hortaliças após um estudo de análise realizado por técnicos da Semec.

“A horta é uma oportunidade para ocupação de espaços ociosos, além de proporcionar um consumo saudável de alimentos para a comunidade escolar, envolvendo todos num processo sustentável”, disse Nouga Cardoso.

“A implantação de uma horta na unidade de ensino terá uma contribuição muito grande para nós. Com esse espaço poderemos trabalhar diversas atividades extraclasse com os alunos, além do plantio e cultivo de produtos saudáveis na própria escola”, declara a diretora adjunta Maria Raimunda.

Aproveitando a proximidade, o secretário Nouga foi visitar o Centro Municipal de Educação Infantil Zélia Calixto, que atende 246 alunos do Maternal II ao II Período, nos turnos manhã e tarde. Lá, ouviu alguns pedidos da direção da unidade de ensino e prometeu dá a resolutividade na mais brevidade possível.

COE determina medidas contra Covid-19 nas escolas da Rede Municipal

A Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Diretoria de Vigilância em Saúde e Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE), emite Nota Técnica Nº 001 FMSDVS/COE, que faz indicações das medidas a serem tomadas em relação ao isolamento e quarentena de estudantes suspeitos ou confirmados de Covid-19.

Com base na nota técnica fica recomendado que as escolas da rede municipal não fechem suas turmas em decorrência dos casos da Covid-19. A medida reforça a educação como prioridade e pontua indicações de como deve ocorrer as medidas de segurança dentro das unidades de ensino.

O secretário executivo de Ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Kleytton dos Santos, afirmou que a nota técnica do COE será enviada hoje (23) para todas as escolas e Centros Municipais de Educação (CMEIs) e explica como funcionarão os protocolos para os alunos da rede municipal.

“Os estudantes com sintomas ou teste positivo devem permanecer em isolamento por 5 dias. Se no 6º dia o estudante não tiver mais febre, poderá retornar à escola, com a necessidade de utilização da máscara até o décimo dia. Se não houver melhora dos sintomas, o aluno deve manter o isolamento por 10 dias e retornar às atividades quando houver ausência de febre e de sintomas”, pontua o secretário executivo de Ensino.

Em relação aos alunos que tiveram contato com alguém contaminado ou com suspeita, fica estabelecido que os estudantes vacinados não precisarão de quarentena, mas devem fazer o uso da máscara obrigatoriamente por 10 dias. Já aqueles que não fizeram o esquema de vacina, devem fazer quarentena por 5 dias, devendo ter seus sintomas monitorados e na volta utilizar a máscara.

A Semec recomenda que em todos os casos os estudantes e responsáveis busquem a realização da testagem que pode ser feita gratuitamente através do agendamento no site da FMS.

Confira a nota técnica.
Nota Técnica_COVID_escolas_THE1

Semec explica como professor pode requerer o Tempo Integral Definitivo

A concessão do Tempo Integral Definitivo (TID) da jornada de trabalho dos professores da Rede Municipal de Ensino de Teresina foi regulamentada através do Decreto nº 22.601, assinado na última quarta-feira (22) pelo Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa. O documento estabelece os critérios para a concessão do benefício.

“Hoje o professor que trabalha 20 horas pode receber vencimentos de 40 horas desde que a ele seja concedido o Tempo Integral Provisório (TIP) num período ininterrupto de 24 meses ou 36 meses de forma intercalada. Com a regulamentação da Lei nº 2.972, de janeiro de 2001, o docente pode reivindicar, de forma definitiva, essa jornada de trabalho de tempo integral. E isso se aplica de maneira isonômica”, explica o secretário municipal de Educação, Nouga Cardodo.

De acordo com o decreto, o procedimento administrativo para a concessão de Tempo Integral Definitivo (TID) tramitará na Secretaria Municipal de Educação (Semec), competindo ao Secretário Municipal analisar os requisitos e critérios estabelecidos. A decisão que concede o benefício será encaminhada então ao Prefeito de Teresina, que poderá ratificá-la ou não, através de ato administrativo fundamentado.

O secretário Nouga Cardoso acrescenta: “Uma vez concedida a TID, o professor, mesmo que se afaste de sala de aula por algum motivo, como licença-maternidade ou capacitação, por exemplo, não perde o direito ao benefício durante o tempo que estiver no exercício profissional, assim como também quando vier a se aposentar. É a Prefeitura de Teresina valorizando o professor da Rede Municipal de Ensino”.

#nome{ width: 49%; float: left; }