Escola Municipal Moaci Madeira Campos realiza competição de judô

Os alunos da Escola Municipal Moaci Madeira Campos, na zona Norte, estão empolgados com as aulas de judô realizadas na escola. A turma até topou uma animada competição interna, com pódio e torcida dos pais.

A prática do judô nas unidades de ensino acontece com o Projeto Superação, uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semec) e Associação de Judô Expedito Falcão. Na E. M. Moaci Madeira Campos, quase 100 crianças participam da atividade, entre alunos e crianças da comunidade.

Na competição que celebrou o mês das crianças, o professor de judô Igor Silva, com apoio dos pais e da direção da escola, organizou um momento de descontração, brincadeiras e consolidação das técnicas aprendidas até agora. Os três melhores classificados subiram ao pódio para receber medalhas.

Escolas da zona Rural Sudeste recebem visita para levantamento de necessidades

As unidades de ensino da Rede Municipal localizadas na zona Rural Sudeste foram a rota de visita do secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, nesta quinta-feira (21). A ação é para que o secretário conheça a realidade de cada escola, suas necessidades e o andamento das aulas no formato híbrido.

Na Escola Municipal Arthur Medeiros Carneiro, no Povoado Usina Santana, o secretário conversou com o diretor Alessandro Luiz sobre a reforma feita na escola recentemente, conferindo se atendeu à demanda da comunidade escolar. Também dialogou com os alunos do 5º e 9º ano, que estão assistindo aulas presenciais em sistema de rodízio. “É muito bom vê-los na escola. Estamos trabalhando pela qualidade deste retorno”, disse Nouga Cardoso.

Passando pela Escola Municipal Areolino Leôncio, o secretário avaliou como urgente a retomada da obra de construção do refeitório e cozinha. Essa foi a primeira escola do município a receber estudantes em jornada de tempo integral, e necessita dos novos ambientes para atender as turmas com mais conforto.

Na Escola Municipal Tomas de Oliveira Lopes, a principal demanda é relacionada aos banheiros dos alunos. Nouga analisou pessoalmente o ambiente e garantiu encaminhamentos da equipe de obras para que as aulas presenciais possam iniciar o quanto antes na unidade de ensino. A programação do dia incluiu, ainda, visita à Escola Municipal Angolá e ao CMEI Tio Fernando Santiago.

Escola Municipal homenageia alunos destaques em olimpíadas e jogos escolares

Na manhã desta quinta-feira (21) a Escola Municipal Deputado Antônio Gayoso, localizada na zona norte de Teresina, realizou uma cerimônia para homenagear os alunos que foram destaques em olimpíadas do conhecimento, simulados do 9º ano, atletismo e atletas que irão participar dos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s/2021), que serão realizados no Rio de Janeiro, entre 29 de outubro e 5 de novembro.

Doze alunos foram agraciados com medalhas pelo desempenho nas olimpíadas do conhecimento e simulados da Rede Municipal de Educação e oito alunos se destacaram na modalidade esportiva e vão participar dos JEB’s.

O Secretário Municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, ressaltou a importância da promoção de eventos desta natureza. “Esse reconhecimento proporciona a motivação dos alunos na melhoria do seu desempenho escolar, além da visibilidade e reconhecimento das diversas aptidões dos jovens atendidos pelas escolas da Semec”.

A aluna Amanda Rayca, do 9º ano, que recebeu uma medalha pelo desempenho na disciplina de língua portuguesa, descreveu a sensação de estar recebendo a medalha. “A gente se sente honrado de receber uma medalha dessas, depois de tanta dedicação aos estudos. É o reconhecimento ao nosso esforço”, diz.

“A realização do evento é de suma importância para o desenvolvimento dos alunos, para incentivá-los a terem focos nas atividades propostas pela escola, assim como contribuir com o exercício da cidadania”, afirmou o Diretor da Escola Municipal Deputado Antônio Gayoso, Ieldo dos Santos. A unidade de ensino atende 1002 alunos, divididos do 6º ao 9º ano, nos turnos manhã e tarde, e também a EJA (Educação de Jovens e Adultos), no turno da noite.

Prefeitura de Teresina lança censo cadastral para servidores da Educação

Considerado a necessidade de atualização dos dados cadastrais dos servidores públicos da Secretaria Municipal de Educação municipal na forma do inciso IX, do art. 37, da Constituição da República, na próxima segunda-feira, dia 25, terá início o Recadastramento Funcional dos servidores, visando implementar a política de atualização permanente de seus dados. Desta forma, todos os servidores ativos titulares de cargo efetivo, em função comissionada, contratados temporários que fazem parte da educação de Teresina terão que atualizar seus dados junto ao órgão, através do Censo Cadastral.

A plataforma que estará disponível, a partir do dia 25, foi desenvolvida pela RGM Tecnologia em parceria com a Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater) e estará disponível, a partir de segunda-feira. Os servidores irão acessar a plataforma, através do site da Semec (o recadastramento ocorrerá exclusivamente na forma online, no endereço eletrônico: www.censo.semec.pmt.pi.gov.br). O período de recadastramento dar-se-á impreterivelmente de 25 de outubro a 18 de novembro de 2021. “Temos hoje na Semec aproximadamente 6.800 professores e técnicos. Eles responderão ao questionário, que será aplicado de forma online. Assim, teremos o controle efetivo dos dados, como por exemplo, quem está afastado, quem tem direito a promoção, todo o conjunto de informações funcionais que são essenciais dentro do serviço público”, explica a secretária executiva de Gestão da Semec, professora Edileusa Sampaio.

Esse levantamento vai possibilitar a realização de um planejamento das ações a partir das informações mais atualizadas do quadro de pessoal disponível. “É imprescindível que todos os servidores participem”, acrescenta Edileusa Sampaio.

De acordo com decreto assinado pelo Prefeito Municipal de Teresina, Dr. Pessoa, na impossibilidade de recadastramento online, motivada por incapacidade física, mental ou de saúde, temporária ou permanente e/ou por recomendação médica devidamente comprovada por atestado ou laudo médico, o servidor ou seu procurador, solicitar o atendimento domiciliar, devendo agendar no portal de recadastramento, endereço eletrônico: www.censo.semec.pmt.pi.gov.br, e que será prestado por um servidor público da Semec designado.

A Secretaria Municipal de Educação será a responsável pela organização, implementação e gerenciamento da programação, bem como pela fiscalização da execução do recadastramento pela comissão instituída por portaria do Secretário Municipal de Educação.

O recadastramento é de caráter obrigatório, devendo o servidor preencher o formulário próprio, anexar os documentos, via upload: documentação original ou cópia colorida autenticada, com ato de nomeação e termo de posse do servidor (caso presencial, cópia acompanhada de documento original); Declaração de lotação atual; Carteira de identidade (caso o R.G. tenha sido emitido há mais de 10 (dez) anos, o mesmo deverá ser apresentado em conjunto com outro documento oficial com foto emitido há menos de 10 (dez) anos; Cadastro de Pessoas Físicas – CPF; Título de Eleitor; Certidão de casamento e/ou averbação da separação judicial, divórcio e Certidão de nascimento; Carteira de reservista (para servidores do sexo masculino); Comprovante com n° do PIS/PASEP; Comprovante de residência atualizado no nome do servidor ou declaração de próprio punho (no máximo 60 dias da emissão); Certificado de conclusão do curso do Ensino Fundamental, Médio e Superior (conforme exige o cargo que ocupa); Carteira de registro profissional no Respectivo Conselho de Classe, conforme o caso; Certificado de conclusão de curso de especialização, Mestrado e Doutorado, conforme o caso; CNH no caso de motoristas; Telefone e e-mail válido; foto do perfil 3×4 (com enquadramento de rosto e ombro por inteiro), datada até 3 meses.

No caso de servidores que tenham dependentes na folha de pagamento, para fins de redução periciada, e dependentes para salário família, serão solicitados os seguintes documentos: documento de identificação com foto (se houver) ou Certidão de Nascimento; CPF (obrigatório para dependentes maiores de 8 anos); laudo médico atestando cuidados especiais ou incapacidade definitiva, no caso de maior inválido; Termo de Curatela ou Interdição, no caso de inválido; Termo de Guarda.

Os servidores ativos, deverão se recadastrar, anualmente, a partir do exercício de 2022, no mês do respectivo aniversário, com a finalidade de promover a atualização de seus dados cadastrais.

Confira o decreto AQUI

Dia Nacional da Alimentação é comemorado nas escolas municipais

Hoje, 21 de outubro, é comemorado o Dia Nacional da Alimentação nas Escolas. A data foi escolhida para ressaltar a importância das ações voltadas para a educação alimentar e nutricional dos estudantes de todas as etapas da educação básica. Na rede municipal de educação de Teresina este tema é tratado com toda a importância que merece, seguindo as orientações do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), executado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

“A alimentação saudável é um direito da criança e na escola, onde ela passa boa parte do tempo, isso adquire uma importância maior, para que ela adquira bons hábitos alimentares para toda a vida. Além disso, contribui no processo de aprendizagem e num bom rendimento escolar, além de contribuir para um crescimento saudável”, afirma Kaira Araújo, nutricionista da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

No Centro Municipal de Ensino Infantil – Cmei Thereza Christina, que funciona no período integral, as crianças fazem até cinco refeições diariamente. Uma alimentação balanceada, com frutas, verduras, hortaliças, arroz, feijão e proteína. Cerca de 30% dos alimentos vêm da agricultura familiar. Atualmente são 120 alunos matriculados, do Maternal ao 1º Período, e hoje frequentam o Centro uma média de 50 crianças por dia, no revezamento que foi feito para a volta das aulas presenciais.

“Assim que as crianças chegam no Cmei oferecemos o desjejum, às 7 horas. Depois tem o lanche às 9 horas. O almoço é serviço às 11 horas e ao acordar da soneca tem o lanche às 13h20min. E antes de voltarem para casa, às 16 horas, é servido o jantar”, explica a diretora do Cmei, Raimunda Soares.

A professora do Maternal, Janaína Araújo, explica como faz para que os alunos comam as frutas e verduras que são oferecidas. “Geralmente antes de irmos ao refeitório orientamos as crianças sobre os alimentos, cantamos musiquinhas que falam que comer é importante para que elas cresçam fortes e saudáveis e nos alimentamos junto com elas, mostrando o quanto é bom e gostoso, estimulando-as a fazerem o mesmo. É importante que em casa os pais também façam isso, para que deem o exemplo para as crianças”, diz.

 

 

 

 

 

 

 

Semec levará melhorias para escolas municipais da zona Rural

Reparos nas estruturas, ampliações e novos projetos foram alguns pontos de diálogo entre o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, e as diretoras de quatros unidades de ensino da zona Rural visitadas pelo gestor nesta quarta-feira (20).

Nouga esteve na Escola Municipal Soim, que atende 174 alunos do Maternal ao 5º ano do Ensino Fundamental. A equipe gestora apontou a necessidade de reforçar a estrutura para o período chuvoso. O secretário avaliou os ambientes escolares e garantiu discutir as solicitações com a equipe de obras.

A rota de visita do dia também incluiu a Escola Municipal Tapuia, que conta com 160 alunos do 1º ao 5º ano e EJA; a Escola Municipal Sagrado Coração de Jesus, com 86 alunos do I Período da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental; e o CMEI Antônio Alves de Holanda, que atende 153 crianças do Maternal ao II Período.

Em comum, todas as escolas possuem demanda crescente de alunos. Conversando com as gestoras, o secretário buscou saber como está o transporte escolar, a alimentação e o atendimento aos protocolos sanitários com o ensino híbrido. Também levou boas notícias quanto ao processo de mudança de nível dos professores da Rede e as gratificações das coordenadoras pedagógicas.

“Estamos fazendo tudo que é possível para resolver as pendências o quanto antes, arrumando a bagunça e garantindo que as unidades de ensino tenham suporte para oferecer um ensino de qualidade. Na zona Rural temos encontrado escolas muito bem cuidadas, tenho certeza que se tivessem mais apoio fariam ainda mais. É o que estamos buscando”, finaliza Nouga Cardoso.

CMEI Eduardo Campos dá início às aulas híbridas com presença do prefeito e do secretário Nouga

Todo dia é festa na Educação Infantil, mas esta terça-feira (19) foi especialmente animada no Centro Municipal de Educação Infantil Eduardo Henrique Accioly Campos, localizando no Residencial Santa Isabel. A escola deu início às aulas no formato híbrido, recebendo alunos presencialmente pela primeira vez.

O prefeito Dr. Pessoa e o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, participaram do primeiro dia de aula das crianças. Inicialmente, apenas as turmas de Maternal I e Maternal II farão o revezamento entre atividades remotas e na escola. A expectativa é de poder atender turminhas de berçário no próximo ano.

“Essa escola é o céu na terra”, destacou Dr. Pessoa, elogiando a estrutura moderna do CMEI. O prefeito pontuou que o retorno gradual das unidades de ensino segue um plano de ação. “Foi um retorno planejado, seguindo todos os protocolos e de forma democrática, os pais escolhem se vão enviar os filhos para escola neste momento ou não. Temos mais um CMEI totalmente preparado para receber bem as crianças nessa fase tão importante do seu desenvolvimento”, disse.

O secretário Nouga falou da importância de um CMEI bem estruturado para receber as crianças. “O CMEI Eduardo Campos de portas abertas beneficia muitas famílias do Santa Isabel, trazendo um padrão de qualidade, para que as crianças sejam muito bem tratadas nessa primeira etapa de descobertas. Estar presencialmente na escola é um passo importante para formação de uma boa base educacional”, disse Nouga.

Assim também pensa Pâmela Mineiro, mãe do Benício de 3 anos. “Em casa meu filho não tinha muito foco no aprendizado, apesar de receberemos muito apoio da escola durante o período de aulas remotas. Acredito que agora ele vai começar a se desenvolver melhor, até pela interação com os colegas”, relata a mãe.

Para a diretora Joyce de Araújo, esse é um momento marcante na história do CMEI. “Fizemos todos os esforços para conduzir o planejamento online, mas estávamos precisando das crianças na escola. Essas crianças são bem pequenas, então pouco tiveram contato com o mundo externo. É em sala de aula, nas brincadeiras, na interação com os colegas, que elas realmente começam a aprender, mesmo que nesse momento seja com mais cautela”, concluiu a diretora.

E. M. Poeta Da Costa e Silva vai promover torneio comunitário de futsal na quadra da escola

A Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva, no Residencial Jacinta Andrade, sediará o I Torneio Comunitário de Futsal Zona Norte, uma competição entre equipes masculinas e femininas da região. Os jogos acontecerão aos domingos, na quadra poliesportiva da escola, incentivando a prática esportiva e valorizando o trabalho realizado pelas escolinhas de futsal.

A organização é do diretor da unidade de ensino, José Manoel, e do professor de educação física, Fábio Andrade. Participarão do torneio: onze times de escolinhas, três equipes autônomas e mais o time da escola. São 14 equipes masculinas e seis femininas disputando troféus e medalhas.

“O primeiro jogo acontece no próximo domingo, dia 24”, anuncia o diretor José Manoel. Segundo ele, o torneio é uma forma de levar a comunidade para dentro da escola, aproveitando o espaço poliesportivo. “Queremos incentivar a prática do esporte, por meio do futsal, estimulando o trabalho em equipe, a integração, além de promover entretenimento para nossos jovens e valorizar o trabalho social realizado pelos dirigentes das escolinhas de futebol”, completou.

CMEIs retomam atividades presenciais de forma gradual em Teresina

Dando continuidade ao retorno das aulas no formato híbrido nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) de Teresina, foi a vez do CMEI Érico Veríssimo, localizado no Conjunto PSH Tabocas, zona rural Sudeste da capital, voltar às atividades presenciais. A unidade de ensino tem 111 alunos matriculados, sendo que deste total apenas 12 vão permanecer com as aulas remotas.

“Dos 99 alunos que os pais optaram pelo ensino híbrido, fizemos a divisão em dois grupos, Azul e Amarelo, onde será feito um rodízio. As crianças são identificadas pela cor da carteirinha que receberam para melhor organização deste revezamento”, explica a diretora do CMEI Érico Veríssimo, Layana Costa.

No primeiro dia, as crianças foram recepcionadas pela equipe gestora com música na porta da escola, e então direcionadas para as salas.

“Tudo ocorreu perfeitamente. Nas salas foram reforçadas as regras de convivência e combate à Covid. Nossa superintendente Janaína Florinda esteve conosco durante toda a manhã auxiliando e esclarecendo alguns pontos a respeito do retorno. Para finalizar, as crianças receberam uma faixa de lembrança do primeiro dia, onde foi explicado que aquela estrela representava o brilho que faltava à nossa escola”, acrescenta a diretora.

A previsão da Secretaria Municipal de Educação (Semec) é que até o final de novembro todos os 168 Cmeis retornem às aulas presenciais de forma híbrida. Deste total, 127 Centros já retomaram suas atividades. “Todos os protocolos de segurança estão sendo adotados de acordo com as orientações da Vigilância Sanitária”, afirma o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso.

Semec vai implementar formação de professores com perspectiva inclusiva


A educação inclusiva em Teresina terá um avanço significativo com a decisão tomada pelo secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso. Os professores das unidades de ensino da Rede Municipal agora passarão a ter formações específicas para atender alunos com necessidades especiais, adquirindo habilidades para a construção de escolas cada vez mais inclusivas.

O primeiro passo para a implementação das capacitações, que deverão começar no próximo ano, será a formação de uma equipe de educação especial. O grupo vai conter professores da Rede e mestres da Universidade Federal do Piauí e Universidade Estadual do Piauí, para que estabeleçam diretrizes para a formação continuada em uma perspectiva inclusiva.

A coordenadora da Divisão de Educação Inclusiva da Semec, Amanda Kárdia, afirma que as capacitações serão direcionadas para todos os professores, tanto das salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) quanto das salas de aula regulares. “O objetivo é finalmente promover a articulação entre os professores para que ofereçam um ensino inclusivo, completo, apoiando os alunos em todas as suas necessidades”, declara a coordenadora.

A Rede Municipal de Teresina conta com 70 salas de AEE, oferecendo atendimento especializado no contraturno escolar. Apesar das escolas manterem um planejamento de atividades para esses alunos, a Semec pretende consolidar essa ação enquanto Rede, com base na formação dos professores.

“Vamos envolver os professores de todas as disciplinas e todas as escolas. É um grande avanço em busca da educação que queremos para as crianças de Teresina”, conclui Amanda.

#nome{ width: 49%; float: left; }