CMEIs Castro Alves e Lindalma Soares distribuem kits de alimentação escolar aos pais

Os pais de alunos das unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina continuam recebendo os kits de alimentação escolar distribuídos pela Secretaria Municipal de Educação (Semec). Nesta terça-feira (23), as entregas foram nos Centros Municipais de Educação Infantil Castro Alves e Lindalma Soares, ambos na zona Sul.

Os kits são compostos por gêneros alimentícios que auxiliam na nutrição das crianças em casa, já que as escolas ainda estão funcionando em formato híbrido. De acordo com a Semec, mais de 95 mil kits estão sendo distribuídos conforme um cronograma elaborado pela Gerência de Assistência ao Educando.

No CMEI Lindalma Soares, a diretora Thaise Conceição organizou a entrega dos alimentos para todo o dia, iniciando as 8h. Os pais são atendidos um por um, com documento de identificação e já podem levar os kits para casa. “Eles estavam bem ansiosos e estão respeitando todas as medidas impostas para a segurança sanitária deles e da equipe escolar. Vamos entregar todos ainda hoje”, disse a gestora.

No CMEI Castro Alves, são 210 kits para as crianças. A distribuição acontece por agendamento e os pais saem satisfeitos. A dona Maria de Jesus é mãe do Pedro Vinícius, de 7 anos, e para ela a ação ajuda a manter o menino estudando em casa. “Ele ainda está assistindo aulas online e precisa desses alimentos, porque está tudo muito difícil. Vem em boa hora”, disse a mãe.

Alunos do CMEI 1º de Maio estudam representatividade racial com livro infantil

As crianças do Centro Municipal de Educação Infantil 1º de Maio, no bairro Água Mineral, estão aprendendo mais sobre empatia e respeito às diferenças. Nesta quinta-feira (18), celebra-se o Dia Nacional do Combate ao Racismo, e no dia 20, o Dia Nacional da Consciência Negra.

Em sala de aula, as turmas do Maternal ao II Período estão debruçadas sobre a leitura do livro Menina Bonita do Laço de Fita, que fala sobre representatividade racial. O livro faz parte do planejamento do CMEI 1º de Maio para conversar com as crianças sobre o tema consciência negra.

Assim que a professora Claudia Virginia realizou a leitura com os alunos, a pequena Maryanna, de 5 anos, se identificou e explicou para a turma que “todo mundo é bonito, seja qual for a cor da pele”. A diretora Eluar Marinho ficou admirada com a expertise da menina. “Achamos o discurso dela muito lindo, cheio de sabedoria e empoderamento”, revelou.

Segundo a diretora, o estudo da temática é importante para que as crianças entendam sobre representatividade, ganhem força ao se identificar com a personagem e aprendam a respeitar as diferenças. “Nossa aluna Maryanna, tão pequena e é mais sábia que muita gente”, concluiu a gestora.

CMEI Sagrado Coração de Jesus utiliza cantigas de roda no projeto Vem Cantar Comigo

Na Semana Nacional da Música, o Centro Municipal de Educação Infantil Sagrado Coração de Jesus, localizado na Taboca do Pau Ferrado, está realizando a culminância do projeto Vem Cantar Comigo. Os alunos estão expondo seus trabalhos nos dias 17 e 18 de novembro.

O projeto tem a música como foco, especificamente as cantigas de roda. Desde o mês de agosto, ainda com as aulas no formato remoto, as crianças começaram a estudar tudo sobre esses clássicos infantis. A ideia da pedagoga Francilene Ribeiro era envolver diversas estratégias de aprendizado com base nas cantigas de roda.

“Queríamos algo diferente para chamar a atenção das crianças e dos pais, contemplando o público muito diverso que nossa escola atende: são turmas do Maternal ao 2º ano do Ensino Fundamental. Foi aí que pensamos na música, algo democrático e que ensina muito. Trabalhamos artes, dobraduras, brincadeiras, jogos”, conta Francilene. Segundo ela, o projeto superou as expectativas. “Exploramos também leitura, escrita, interpretação, ritmo, inúmeras habilidades, contando com as famílias”, afirma.

Cantigas como Baratinha, O Cravo e A Rosa, Borboletinha, entre outras, fizeram parte da rotina das turmas por três meses. No evento de culminância, as crianças realizaram uma exposição das produções em sala de aula e apresentações para os colegas. Também receberam a visita dos alunos da Escola Municipal Manoel Alves de Oliveira.

A programação contou com parceiros para animar o primeiro dia, como o grupo Música para Todos; o músico mirim Paulo Hayrton, talentoso ao tocar acordeom; e Márcia Andreia, professora da Rede Municipal de Ensino que também é apaixonada por música.

Para a diretora Perpétua Alves, o projeto marca a retomada das atividades presenciais na escola. “Ainda vivenciamos um momento difícil, e a música traz um certo alívio. As crianças adoraram aprender através das cantigas populares, com um pouco de alegria para nosso CMEI”, concluiu a diretora.

CMEI Hilda Lemos também retorna aulas no formato híbrido

Com uma programação gradual de retorno das unidades de ensino da Rede Municipal ao formato de aulas presenciais, o Centro Municipal de Educação Infantil Professora Hilda Maria Lemos Santos e Silva também deu início às atividades na nova modalidade.

O CMEI localizado na zona Norte de Teresina retornou com 170 alunos que revezam entre aulas presenciais e no formato online, garantindo um menor número de crianças em sala de aula. Aos poucos, a turma vai retomando uma rotina de brincadeiras, aprendizado e interação.

“Essa volta foi conversada com os pais e estamos seguindo todas as medidas sanitárias. Os alunos recebem orientações diárias sobre esse novo momento, não podemos descuidar. É muito bom ver a escola com vida novamente”, disse a pedagoga Darlene de Moura, apoio das diretoras Claudiana Bento e Socorro Patrícia. O trio trabalha para garantir qualidade pedagógica e um espaço seguro à comunidade escolar.

Prefeitura de Teresina inaugura reforma e ampliação de CMEI na zona rural

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Educação (Semec), entregou, nesta quinta-feira (7), a reforma e ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Santa Teresinha, localizado no povoado Campestre Norte. A unidade agora passa a oferecer o serviço de creche/berçário para crianças a partir de seis meses de idade, a terceira de toda a rede municipal de ensino e a primeira instalada em uma comunidade rural.

As melhorias beneficiam os filhos dos trabalhadores rurais da localidade. “Ninguém nunca olhou para a mulher e o homem do campo, mas nós estamos olhando. É um orgulho para nossa gestão oferecer um local, com toda qualidade e cuidado, onde possam deixar seus filhos enquanto trabalham. A estrutura era bem deteriorada e agora se torna um dos mais bonitos Cmeis de Teresina. Estamos cuidando de todos, mas principalmente do povo da zona rural”, disse  o prefeito Dr. Pessoa enfatizou

O secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, explica que a reforma desta e outras unidades de educação infantil fazem parte de um cronograma estabelecido pela gestão municipal. “Essa já é a quinta escola e o terceiro Cmei que estamos entregando para a população ao longo desses dez primeiros meses de governo do Dr. Pessoa. Com esse centro municipal, iremos oferecer para as crianças da zona rural as mesmas condições das que nascem no centro urbano da nossa capital”, enfatizou.

Agora o prédio do Cmei Santa Teresinha conta com cinco salas de aula completamente climatizadas, com a possibilidade de implementação de duas turmas de berçário. O pátio também foi aumentado, com mais um bloco de telhado metálico e uma estação de energia própria. O investimento total é de quase R$ 2 milhões, com recursos oriundos do Salário Educação.

Esta ação da Prefeitura de Teresina faz parte de um projeto piloto, que será replicado em outros centros de ensino que permitam a diversidade de projetos, que atendem a todos os padrões de estética e funcionalidade, com arquitetura planejada de acordo com as necessidades dos estudantes e atendendo aos parâmetros de infraestrutura do Ministério da Educação (MEC).

Dr. Pessoa inaugura nesta quinta a reforma e ampliação do CMEI Santa Teresinha na zona Rural

O prefeito municipal de Teresina, Dr. Pessoa e o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, inauguram nesta quinta-feira (04), a reforma e ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil Santa Teresinha, no Povoado Campestre Norte. A Secretaria Municipal de Educação vai entregar à comunidade um prédio totalmente novo, com uma estrutura diferente das demais escolas do município.

São cinco salas de aula climatizadas, com a possibilidade de implementação de duas turmas de berçário. O pátio está maior, com mais um bloco em telhado metálico e uma subestação de energia própria. O prédio também ganhou pintura nova, além de faixada com revestimento mais moderno e lúdico. O investimento da Prefeitura foi de R$ 1.180.760,09.

O CMEI que fica localizado no Povoado Campestre Norte, Rua 2 S/N, Zona Rural Leste, atende principalmente filhos de trabalhadoras que atuam no corte de cana da região. Atualmente, estão matriculados 96 alunos do Maternal I ao 2º Período. “Estamos ansiosos pela inauguração, para apresentar oficialmente o novo CMEI”, declara a diretora Aline Alves.

Cmei Joel Mendes aposta em parceria com a família para garantir o retorno às aulas presenciais

 

O CMEI Joel Mendes faz parte dos 101, do total de 168 Centros Municipais de Ensino Infantil, que retornaram às suas atividades presenciais de forma híbrida na rede municipal de ensino. Localizado no centro da cidade, a unidade escolar conta com 140 estudantes matriculados. Com a equipe pedagógica animada, a volta às aulas do CMEI tem sido repleta de alegrias, reencontros, medidas de segurança rígidas e uma parceria indispensável entre a família e a escola.

“Uma medida sanitária alinhada ao lúdico adotada em nossa CMEI é o uso das máscaras organizadas por cores (azul, amarela, laranja e verde) para que todos os alunos sigam os mesmos momentos e cores para a troca. Essa troca é uma ação pedagógica orientada pelas professoras do Centro”, explicou a Diretora Francisca Santos.

O processo de retorno às aulas presenciais acontece de forma gradual, no entanto, é indispensável a criação de ações positivas dentro das escolas que motivem os alunos e reforcem o vínculo aluno-escola. “São os estudantes que nos encorajam a cada amanhecer, nos dão motivação para chegar ao chão da escola e fazer aquilo que tão bem sabemos fazer: formar cidadãos capazes de vencer, de aprender e ensinar”, acrescenta.

O CMEI tem investido em acolhidas calorosas e cheias de alegria para receber os seus pequenos diariamente. “Não precisamos deixar de vivenciar as experiências, só é preciso disciplina, cuidados e muito amor pelo fazer pedagógico. “Hoje (06) retornamos o Projeto 1,2,3…Você na escola é sucesso outra vez!, umas das ações que realizamos com muito amor transmitindo a nossa dedicação e compromisso com o aprendizado de nossas crianças”, enfatiza.

Inauguração de CMEI no Vale do Gavião tem homenagens à professora Noélia Maranhão

“Estou muito feliz. Uma emoção muito grande ter o nome da minha mãe eternizado em um Centro Municipal de Educação Infantil. O CMEI Professora Noélia Maranhão é a demonstração de todo o amor que minha mãe teve pela educação de Teresina. Fico imaginando a senhora neste momento, no meio das crianças. Se um dia eu puder ser a metade da mãe, filha, amiga e professora que você foi, já estarei realizada”, disse a estudante Maria Clara Maranhão, durante a inauguração do CMEI no Vale do Gavião”.

A comunidade do Vale do Gavião fez festa com a inauguração do CMEI Professora Noélia Maranhão da Costa e Silva, nesta quarta-feira (29). Além de ampliar a oferta de vagas na educação infantil para essa região, a escola leva o nome de uma professora querida na Rede Municipal, que se destacava, principalmente, pelo respeito e tratamento humanizado que dava a todos. “Parte do que sou hoje aprendi com a professora Noélia. Ela me ensinou a ser criteriosa, responsável, dedicada a área que abracei. Noélia era amada por todos”, ressalta a diretora do CMEI, professora Ana Cristina Magalhães.

Familiares, amigos, diretores de escolas e técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semec) estiveram presentes na solenidade de inauguração, prestando homenagens à Noélia, que perdeu a vida para a Covid-19, juntamente com seu esposo Manoel e sua filha Bianca. Também marcaram presença os vereadores Fernanda Gomes e Luís André, e o deputado estadual Evaldo Gomes. O prefeito Dr. Pessoa exaltou o trabalho da educadora e elogiou a estrutura física do CMEI, que atenderá 170 crianças em tempo integral.

“Uma grande escola com o nome de uma grande mulher. Desde 2014 a obra deste CMEI começou e ficou paralisada. Agora concluímos e estamos atendendo a comunidade, com uma excelente oferta de ensino. Em oito meses de trabalho já inauguramos escolas e creches, até dezembro outras ainda serão entregues. Estou muito feliz com o trabalho que o professor Nouga Cardoso vem realizando com sua equipe. Nossa prioridade é a educação, porque através dela transformamos a sociedade”, destacou o prefeito.

Nouga Cardoso, secretário municipal de Educação, lembrou que uma das marcas da Prefeitura é privilegiar políticas públicas educacionais. “Estamos inaugurando mais um Centro Municipal de Educação Infantil para famílias do Vale do Gavião e comunidade do entorno, uma obra de mais de R$ 2 milhões que vai agregar muito para a região. A gestão do Dr. Pessoa privilegia as políticas públicas voltadas para a educação”, reforçou.

O novo CMEI possui oito salas de aula climatizadas, solários, fraldários, sala de repouso, sala multiuso, banheiros com acessibilidade e pátio coberto. Um investimento de R$ 2.932.093,23, oriundo de recursos próprios da Prefeitura Municipal de Teresina e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

De acordo com a diretora Ana Cristina Magalhães, a unidade de ensino fará diferença na vida das mães que precisam trabalhar fora de casa e deixar os filhos em um local seguro para aprendizagem. “Este CMEI será de suma importância para a comunidade. Me sinto lisonjeada por ter sido escolhida para estar à frente desta unidade de ensino que leva o nome de uma pessoa que foi muito importante para a educação pública de Teresina”, pontuou.

Uma dessas mães beneficiadas é a Dona Maria de Lurdes, mãe do pequeno Josué. Ele foi o primeiro aluno matriculado na escola, e a mãe tem boas expectativas para o futuro do menino. “Vou poder voltar a trabalhar e sei que ele vai realmente aprender. A escola é linda, com uma equipe preparada, estou confiante que esse é o melhor lugar que meu filho poderia estar”, declarou a mãe.

Maria Clara, filha da Noélia Maranhão, agradeceu a homenagem e ressaltou que o sentimento é de gratidão. “Não poderia existir homenagem mais bonita e significativa para representar minha mãe, que por mais de vinte anos contribuiu com a educação. Neste momento meu coração está transbordando de alegria”, finalizou Maria Clara.

Cmei retorna com aulas presenciais para maternal II

Empolgados para reencontrar os amiguinhos depois de um ano e seis meses, as crianças do Centro Municipal de Ensino Infantil – Cmei Thereza Christina emocionaram os pais, professoras, servidores e direção do centro. “É com muita alegria que a gente retorna às aulas presenciais. Estou emocionada. Aqui minha filha recebe toda atenção e carinho. Estávamos ansiosos por este retorno”, afirma a mãe da pequena Valentina, do maternal II, Adélia Barros.

As crianças foram recepcionadas com brincadeiras, músicas e aplausos das professoras. Todas passaram por um equipamento que mede a temperatura e dispensa álcool, garantindo os protocolos sanitários.

“Antes de iniciarmos o retorno das aulas presenciais, apresentamos ao secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso e equipe técnica, todos os cuidados que temos com nossas crianças. Para ter acesso as salas de aulas, professoras e servidores utilizam um calçado apropriado ou entram com os pés descalços. Além disso, medimos a temperatura constantemente e utilizamos álcool para as mãos e limpeza das mesas e cadeiras”, ressalta a diretora, professora Raimunda Soares, a tia Ray. Segunda ela, mesmo as crianças sendo bem pequenas, elas entendem que não podem abraçar os amiguinhos.

O Cmei atende no período integral, com oferta de lanches e almoço e cuidados especiais. “Falar sobre este retorno é algo emocionante. Não tenho palavras que transmitam minha emoção em trazer o nosso filho Alan Felipe, maternal II, para as aulas presenciais. Hoje é um dia muito feliz e vejo a alegria estampada no rosto do meu filho e de seus amiguinhos. Aqui é um lugar seguro e administrado por pessoas maravilhosas que nos transmitem segurança. O Cmei Thereza Christina está de parabéns com todos os protocolos e segurança contra a Covid-19”, enfatiza a mãe Damira Gomes.

“Realmente, é uma emoção andar pelas escolas e centro infantis e ver a alegria das crianças no retorno às aulas presenciais. Em cada unidade que visitamos temos a certeza do compromisso dos professores, dos pais de alunos e dos próprios estudantes que sabem da importância de seguir os protocolos e segurança. Aqui no Cmei Thereza Christina estou vendo o compromisso de todos”, disse o secretário Nouga Cardoso.

A Semec teve o cuidado de orientar as escolas sobre os procedimentos que devem ter com o retorno das aulas presenciais. “Cada escola adota seu protocolo de segurança sanitária, conforme as orientacões. Além disso, estão retornando os alunos que receberam autorização dos pais e/ou responsáveis que assinam um termo de autorização. Este retorno está sendo de forma gradativa e com todos os professores imunizados com as duas doses da vacina Covid-19. As visitas que estamos realizando é justamente, para analisar o retorno e ver alguma necessidade na estrutura de cada unidade”, acrescenta o secretário executivo de ensino, professor Kleytton dos Santos.

Semec vai inaugurar mais um CMEI no Vale do Gavião

Será no bairro Vale do Gavião o próximo Centro Municipal de Educação Infantil inaugurado pela Prefeitura de Teresina. A Secretaria Municipal de Educação (Semec) abrirá as portas do CMEI Noélia Maranhão da Costa e Silva na próxima quarta-feira (29).

A unidade de ensino atenderá alunos de creche e pré-escola, em uma estrutura física ampla, moderna e colorida. São oito salas de aula climatizadas, solários, fraldários, sala de repouso, sala multiuso, banheiros com acessibilidade e pátio coberto. Um investimento de R$ 2.932.093,23, oriundo de recursos próprios da Prefeitura Municipal de Teresina e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O CMEI homenageia uma professora da Rede Municipal, que atuou como diretora escolar e faleceu este ano após complicações da Covid-19. Família e amigos estarão na solenidade de inauguração para homenagear Noélia e conferir a mais nova escola da região.

#nome{ width: 49%; float: left; }