Escola Municipal Santa Teresa leva Piquenique Literário para a praça

O projeto Piquenique da Leitura, da Escola Municipal Santa Teresa, foi um sucesso. Professoras e alunos encerraram o ciclo de aprendizados desta ação em uma atividade na praça localizada em frente à unidade de ensino, integrando conhecimento e natureza.

Durante todo o ano, os alunos do 1º ao 9º ano trabalharam gêneros textuais variados, sempre com práticas dinâmicas e um pouco de diversão. Para compartilhar essas experiências, cerca de 75 alunos estiveram na praça exibindo algumas produções e participando da programação que incluiu contação de histórias e apresentação de fantoche.

O dia foi de fábulas, poemas, textos informativos, entre outros gêneros estudados. Para a diretora Jane Mendes, a leitura possui um papel muito importante na formação social da criança. “O ato de ler contribui na compreensão de mundo, colocando-os em contato com novas ideias e conhecimentos. Fizemos um belo trabalho este ano”, conclui, satisfeita, a gestora.

Dr. Pessoa inaugura mais uma sala virtual em escola da zona rural de Teresina

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, inaugurou, na manhã deste sábado (12), mais uma sala virtual em uma unidade de ensino instalada na zona rural da capital. A contemplada desta vez foi a Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no povoado Cerâmica Cil.

Esta é a quarta sala virtual, a segunda na zona rural, que a nova administração municipal está criando e equipadando com parte dos 5 mil tablets que estavam abandonados pela antiga gestão municipal no depósito da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

“Essa é a nossa política pública. Não estamos foçados apenas em quantidade, mas na qualidade, como estamos vendo hoje. O mundo não vive mais sem a tecnologia, por isso estamos levando ela para a zona rural, que sempre foi esquecida, também”, enfatizou o prefeito.

Ao todo, a Prefeitura de Teresina investiu mais de R$ 5 milhões na recuperação e restauração dos dispositivos. Além desta sala, Dr. Pessoa já havia inaugurado outros dois espaços similares, um na E.M Olímpio de Castro, no bairro Vale do Gavião, e outra na E.M Santa Filomena, ambas na zona Leste da capital.

“Nossos alunos precisam estar conectados com a rede mundial de computadores. Essa é uma escola na zona rural, mas que dentro de uma política pública que visa melhorar a educação teresinense, permitir que todos os alunos tenham acesso às mesmas condições de ensino de qualidade, seja em que região for”, disse Nouga Cardoso, secretário da Semec.

A previsão é outras quatro escolas da rede municipal de ensino também ganhem salas virtuais semelhantes nos próximos meses. Essas estruturas devem funcionar como uma importante ferramenta de auxílio no processo de aprendizagem dos alunos, principalmente das que possuem dificuldade de acesso durante as aulas remotas em decorrência da pandemia.

Escolas municipais de Teresina farão monitoramento do Programa Educação Conectada

Definir os detalhes da instalação de medidores para acompanhar a qualidade da internet que vem sendo ofertada nas escolas municipais de Teresina que participam do Programa Educação Conectada. Este foi o objetivo de um encontro ocorrido na manhã de hoje (23) entre o Núcleo de Tecnologia Educacional de Teresina – NTHE e a Gerência de Ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

“Através deste programa as escolas recebem recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para aplicarem em atividades desenvolvidas pelos alunos com um olhar pedagógico sobre o uso de novas ferramentas. Com a implementação desses medidores teremos como acompanhar e melhorar o sinal de internet que chega nas escolas”, explica o secretário executivo de Ensino da Semec, Kleytton dos Santos.

Atualmente participam do Programa Educação Conectada 202 escolas da rede municipal de ensino de Teresina. O programa tem como principal objetivo o apoio à universalização do acesso à internet de alta velocidade e o fomento ao uso pedagógico de tecnologias digitais na Educação Básica.

Escolas de tempo integral da rede municipal de Teresina terão melhorias em 2022

Os professores de referência do núcleo diversificado das escolas de tempo integral da rede municipal de Teresina participaram de uma reunião nesta terça-feira (23) com o secretário executivo de Ensino da Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec), Kleytton dos Santos, e equipe técnica da Secretaria. O objetivo do encontro foi tratar das principais demandas que envolvem o núcleo diversificado para fortalecer as disciplinas e melhorar a qualidade das escolas de tempo integral.

“No encontro ficou definido um conjunto de ações, dentre elas o fortalecimento da Mostra das Escolas de Tempo Integral, e também a elaboração de um fórum e um conjunto de formações para os professores da rede municipal que atuam nas escolas de tempo integral no núcleo diversificado, propostas que serão desenvolvidas no ano letivo de 2022”, diz Kleytton dos Santos.

A Mostra das Escolas de Tempo Integral é um evento que marca o encerramento das oficinas das disciplinas diversificadas que ampliam as práticas pedagógicas e inserem a arte no cotidiano das crianças e jovens. Na ocasião, os alunos mostram o que produziram de aprendizado diversificado em peças de teatro e apresentações musicais.

A rede municipal de educação de Teresina conta hoje com 22 escolas de tempo integral e pretende aumentar este número para 27 unidades. Nesta modalidade de ensino, além de terem uma jornada estendida, os alunos participam de atividades que complementam a carga horária, como aulas de xadrez, teatro, dança e outros conteúdos diferenciados.

Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva terá ampliação de vagas em 2022

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, acompanhado do secretário executivo de Ensino, Kleytton dos Santos, e o coordenador do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação, Reinaldo Ximenes, estiveram na manhã desta quarta-feira (17) visitando a Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva, localizada no Residencial Jacinta Andrade, zona norte de Teresina. A ida à unidade de ensino atendeu a um pedido do diretor, José Manoel Assunção Filho.

“Sentimos a necessidade de ampliar nosso espaço escolar devido ao aumento da demanda de alunos. Recebemos a grande maioria dos egressos do CMEI Raquel de Queiroz, que fica na região, e a procura por vagas é crescente. Existe um prédio atrás da nossa escola, que é do Governo do Estado, ocioso, e solicitamos que a Secretaria Municipal de Educação (Semec) consiga a cessão para o nosso uso”, afirma o diretor José Manoel Assunção Filho.

 

Atualmente a E.M Poeta Da Costa e Silva atende 939 alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. Com a cessão do prédio para a Prefeitura de Teresina, mais seis turmas de 25 alunos serão ofertadas, ampliando para 1.089 vagas. “Além das aulas, temos reforço para o fortalecimento do processo de ensino-aprendizagem, o que faz com que um espaço maior seja necessário para a nossa escola”, acrescenta José Manoel.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, já há um entendimento entre a Prefeitura Municipal de Teresina, através da Semec, com o Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc). “O processo de cessão do prédio já está em processo final, falta apenas a formalização do acordo, o que deve ocorrer nas próximas semanas. Com isso, mais 150 novas vagas serão criadas na Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva para o ano letivo de 2022, garante Nouga Cardoso.

Times de futsal da zona Norte participam de torneio organizado pela E. M. Poeta Da Costa e Silva

Foi um sucesso a abertura do I Torneio Comunitário de Futsal Zona Norte, que está acontecendo aos domingos na quadra poliesportiva da Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva. As primeiras disputas classificaram cinco times para as quartas de final, os próximos classificados para essa etapa serão conhecidos neste domingo (31).

A realização é do diretor José Manoel e do professor de educação física Fábio Andrade. Fábio é árbitro profissional e está conduzindo as partidas. A ação é uma oportunidade de incentivar o esporte entre os jovens e dar visibilidade ao trabalho das escolinhas de futebol da região Norte.

Ainda com restrições contra a disseminação do coronavírus, a atividade acontece sem torcida, apenas as equipes podem entrar na escola. Os atletas precisam higienizar as mãos e conferir a temperatura logo na chegada.

“Estamos bastante animados com o Torneio, pois teve muita procura e já começamos a pensar em algo maior. Todos entenderam a proposta o evento, que é de integração, por isso temos uma participação ativa dos times, As finais masculina e feminina acontecem em dezembro”, disse o diretor da unidade de ensino, José Manoel.

Ação em parceria com a Polícia Federal comemora Dia das Crianças na E.M. Valter Alencar

A Escola Municipal Professor Valter Alencar, no Planalto Uruguai, recebeu a Polícia Federal em uma parceria que proporcionou diversão às crianças do Atendimento Educacional Especializado (AEE). O grupo distribuiu brinquedos, doces e muito carinho, em uma ação pelo Dia das Crianças.

A unidade de ensino funciona como núcleo, atendendo 55 alunos com deficiência, matriculados na escola ou em unidades vizinhas. Além da rotina de aprendizagem na sala de aula regular, as crianças participam de atividades direcionadas para o desenvolvimento de suas habilidades.

Para a diretora Érika Louíse, ações como a realizada pela Polícia Federal na escola são extremamente importantes para unir forças. “Essas parcerias com órgãos públicos e privados proporcionam experiências diferentes ao nossos alunos, trazendo alegria e somando com nosso programa de ensino”, pontua a gestora.

Escola Municipal Graciliano Ramos realiza seu primeiro simulado presencial

Com o retorno das aulas presenciais desde segunda-feira (20), as escolas da Rede Municipal de Teresina têm desenvolvido métodos avaliativos que buscam analisar e mapear o nível de aprendizagem e desempenho dos alunos no período de distanciamento escola, onde os mesmos acompanhavam os conteúdos através das aulas na TV e por meio da plataforma MobiFamília.

Na Escola Municipal Graciliano Ramos, a equipe pedagógica não perdeu tempo e realizou na última quarta-feira (22), seu primeiro simulado presencial das disciplinas de língua portuguesa e matemática com os alunos do 5º ano.

“Em reuniões pedagógicas com a gestão, professores do 5° ano e familiares dos estudantes, decidimos aplicar os simulados de forma presencial para todos os alunos, tendo como objetivo diagnosticar de forma mais fidedigna as habilidades dos alunos nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática em cada avaliação”, esclarece o diretor adjunto Francisco Gonçalves.

Como estratégia de enfrentamento aos possíveis baixos rendimentos do simulado, o diretor pontua o projeto inovador da escola, intitulado “Aulão”, onde, através dos resultados, os alunos terão a oportunidade de ter suas temáticas de conteúdo nas disciplinas de maior dificuldade e menor rendimento revisadas junto à escola.

“A realização de atividades como o simulado faz com que possamos melhorar o aprendizado de nossos alunos cada vez mais nos simulados, avaliação interna e Prova Brasil”, pontua o gestor.

Escola Municipal H. Dobal promove aulão de revisão para o Saeb

Os alunos das escolas municipais de Teresina estão em preparação para as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Com essa motivação, a Escola Municipal Hindemburgo Dobal, no Residencial Mário Covas, realizou um aulão de revisão com os alunos do 9º ano.

A atividade marca o retorno das aulas presencias na unidade de ensino. Ainda com uma retomada gradual, a escola convidou apenas 17 alunos para a aula especial. A condução do projeto é do professor de língua portuguesa, Francisco Rufino, conhecido pelos shows em revisões na capital.

“Gosto muito de dar aula com empolgação, essa movimentação. Nossos alunos estão vivenciando um período de estudo muito solitário, são 17 meses fora da sala de aula. Já que estamos voltando aos poucos, é justo promover atividades que motivem”, diz o professor Rufino. Segundo ele, os alunos também precisam se sentir responsáveis pela prova. “O Saeb é uma avaliação externa importante para o planejamento da educação, é necessário que realmente se dediquem, superem as dificuldades com nosso apoio”, completou.

Para o aluno Francisco Jodean, a atividade fez toda a diferença no aprendizado para a prova. “É bem melhor assistir aula presencialmente. A revisão nos ajuda a focar no que ainda não aprendemos”, declara.

De acordo com a diretora Geovane Alves, também estão agendadas revisões de matemática e ciências. “Essa é uma ideia que atrai os alunos e reforça habilidades que serão cobradas na avaliação externa. Sempre buscamos pensar em projetos que auxiliem nossos alunos a chegar mais longe”, conclui a gestora.

Escola Municipal Laurindo de Castro promove palestra do Setembro Amarelo com pais e psicólogo

A direção da Escola Municipal Laurindo de Castro, localizada na zona Rural de Teresina, convidou os pais de alunos para dialogar sobre um tema importante: o suicídio. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (20), véspera do retorno às atividades presenciais na unidade de ensino.

Os pais de alunos ouviram o psicólogo Daniel Vinícius dos Santos, que fez alertas sobre o grande número de casos de pessoas com transtornos mentais em Teresina. O bate-papo é em alusão à campanha Setembro Amarelo, que busca a conscientização da população sobre a prevenção ao suicídio.

Segundo a diretora da escola, Raimunda Resende, os pais precisam acessar as informações corretas para identificar o que pode estar acontecendo em casa. “Muitas vezes pensamos que é algo longe da realidade, mas não é. A depressão e outros transtornos estão cada vez mais presentes no nosso lar. E a escola cumpre esse papel de alerta”, pontua a gestora.

O especialista falou sobre os sentimentos de angústia e medo, atenuados durante o período de pandemia, mas principalmente sobre a importância de buscar ajuda profissional ao menor sinal de perigo. “Estou à disposição da comunidade para orientações, precisamos nos apoiar em uma rede de proteção”, concluiu Daniel Vinícius.

#nome{ width: 49%; float: left; }